evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama nakliyat şişli evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat istanbul evden eve nakliyat nakliyat nakliyat firmaları nakliye depolama istanbul evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat Coluna do DrPuppet #4: conheça os times da Copa Latina do servidor Sul

Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Colunas
  • Coluna do DrPuppet #4: conheça os times da Copa Latina do servidor Sul

evden eve nakliyat evden eve nakliyat nakliyat istanbul evden eve nakliyat depolama evden eve nakliyat

Coluna do DrPuppet #4: conheça os times da Copa Latina do servidor Sul

Na minha última coluna, escrevi um pouco sobre as mudanças no cenário competitivo de League of Legends da América Latina: campeonatos presenciais, sistema de disputa similar ao do CBLoL, gaming houses e mais equipes.

Para quem não sabe, só um time teve gaming house, o que representou uma das fontes de sucesso dessa equipe. Com dedicação e foco ao jogo, o Kaos Latin Gamers (KLG) conseguiu dominar o cenário de uma maneira incrível.

Durante esse tempo, vários jogadores e talentos surgiram e sumiram. Só que, em 2016, as coisas mudarão bastante, pois todos os jogadores irão morar em gaming house e poderão se concentrar e dedicar 100% do tempo ao jogo.

Por isso, decidi escrever sobre as equipes e talentos da América Latina. Nesta primeira edição, apresentarei os times do servidor Sul:

Kaos Latin Gamers

Top: Felipe "Helior" Pastenes
Jungler: Julio "Juliostito" Berrios
Mid: Juan Cruz "Regi” Curto
ADC: Daniel "SagaZ" Gomes
Support: Manuel "BearJew" Parrochia
Reserva: Nicolas "Primoo" González
Reserva: Jonathan "Misfits" Munoz

A Kaos Latin Gamers tem muito a provar nesse 1º Split. Não apenas provar que consegue defender o título, como mostrar que realmente é o melhor time do servidor Sul da América Latina. Já que a equipe foi a única a ter gaming house neste ano, várias pessoas acreditam que a vantagem de poder se dedicar somente ao jogo foi o maior fator de sucesso deles na região.

Mas já que todos terão a mesma condição de focar e se dedicar no próximo Split, há dúvidas se a nova KLG conseguirá manter a mesma forma que mostrou no Desafio Internacional, ainda mais depois de a equipe não ter tido bom desempenho no Logitech Challenge, na Argentina. Fica em aberto a pergunta se a KLG vai encaixar o novo AD Carry SagaZ no seu estilo de jogo, que tinha o foco em torno do ex-ADC Whitelotus.

juliostito-kaos-latin-gamers-wildcard-sp-riot-games
Juliostito teve ótimas atuações pelo KLG no Desafio Internacional (Foto: Riot Games)

Destaques:
Julio "Juliostito" Berrios
É uma das estrelas do KLG e demonstrou a skill dele no Desafio Internacional, não só liderando a equipe, mas também mostrando várias jogadas fortes com Ekko e Gragas. Ele deve provar que consegue melhorar as performances individuais e novamente liderar o KLG rumo ao 1º lugar.

Daniel "SagaZ" Gomes
O brasileiro teve sua última apariação em torneio presencial em 2012, com o Insight Esports. Teve uma passagem curta pelo KLG em 2014 e voltou neste ano jogando pelo time SLK Gaming. Ele precisa provar a todos nós do que é capaz de fazer depois de ter desaparecido por um tempo. SagaZ ainda tem o que precisa para ser um dos melhores, mas deve cobrir o buraco que a saída do Whitelotus deixou.

Isurus Gaming

Top: Franco "Pride" Sanzana
Jungler: Claudio "Clatos" Navarrete
Mid: Benjamin "Emp" Ramirez
ADC: Juan "Zeicro" Fierro
Support: Leandro "Newbie" Marcos
Head coach: Mark "Ukkyr" Leuenberger

Depois de um 2º Split bem agitado para a Isurus Gaming, com o lugar assegurado na Copa Latino-americana, a equipe decidiu mudar a line-up. Somente dois jogadores ficaram nas posições iniciais, o AD Carry Zeicro e o Jungler Clatos. Emp passou de Support para Mid Laner, Newbie entrou como Support e Pride apareceu como novo top laner. A primeira aparição desta nova line-up, em novembro, no Logitech Challenge, não foi muito forte. Mas, no início deste mês, na Sudamerican Master League, o Isurus já se mostrou um time mais entrosado. Só que a equipe ainda depende muito de Clatos e Zeicro carregarem.

Destaque: Juan "Zeicro" Fierro
Muitos achavam o Zeicro um dos melhores AD Carries da América Latina no início de 2015. Só que depois da saída dele da KLG, Zeicro teve destaque bem menor e uma performance pior. Ele pode voltar a aparecer melhor pela Isurus Gaming em 2016 e provar que ainda é um AD Carry muito forte. O que muitas pessoas não sabem é que Zeicro era um bom líder, ajudando muito no shotcalling na KLG. Esse pode ser um fator importante para a nova line-up da Isurus.

Rebirth Esports

Top: Juan "MANTARRAYA" Abdon
Jungler: Nicolas "Quaker" Lagos
Mid: Jorge "Megajp" Pera
ADC: Rodrigo "Zealot" Guerrero
Support: Eduardo "Slow" Garcés
Reserva: Ibrahim "Frescolita" Lopez
Head coach: Eduardo "JessieBlue" Maqueira

A Rebirth Gaming teve mudanças fortes na line-up para o 1º Split de 2016, contratando o ex-Mid Laner da Isurus Gaming Megajp e trazendo de volta o MANTARRAYA, que jogou pela PEX em 2014. Com isso, terá dois jogadores muito fortes nas rotas solos, assim, melhorando a formação. No último Split, a Rebirth focava o jogo na bot lane, que era um ponto bem forte do time. Será que essas adições serão suficientes para criar uma equipe forte e dinâmica para começar bem 2016?

mantarraya-pex-2014-divulgacao
MANTARRAYA ficou conhecido pelo nick, mas é um bom jogador no top (Foto: Divulgação)

Destaque: Juan "MANTARRAYA" Abdon
Ex-cyber-atleta da Pineapple Express Team (PEX), MANTARRAYA participou do Wildcard contra a KaBuM em 2014. Ele é bem familiar ao cenário internacional, já que o caster Phreak teve problemas para pronunciar o nick dele. MANTARRAYA não é considerado um dos melhores top laners da América Latina, mas com certeza é um jogador que se adapta bem ao time. É experiente e tem boa champion pool, podendo ser o que a Rebirth precisa para a próxima temporada. Tudo vai depender de como será o desempenho dele no 1º Split de 2016.

Furious Gaming

Top: Emmanuel "Accelerator" Juárez
Jungler: Alan "Gonto" Gontovnikas
Mid: Javier "Dinamox" Korhasanoglu
ADC: Agustin "Prodigy" Juárez
Support: Mariano "Genthix" Polonsky
Reserva: Guido "Ankzu" Segio Bosi
Head coach: Nicolas "Stepht" Comeron

A Furious Gaming, que terminou os dois Splits deste ano em 2º lugar, está tentando mudar isso para conquistar o título em 2016. O time tinha um estilo bem parecido com a característica do cenário latino-americano, focado em lutas de equipe, principalmente privilegiando o jogo em torno do ex-Mid Laner da equipe, Uri, que agora está no Lyon Gaming. O time mostrou vários problemas vários problemas na Sudamerican Master League, não saindo da Fase de Grupos, e precisa melhorar muito para o início da próxima temporada.

Destaque: Agustin "Prodigy" Juárez
O jogador Prodigy, que atuou pela Isurus Gaming no 1º Split de 2015, está entrando no lugar de um dos destaques da região, o Uri. Ele não era só um dos melhores Jogadores, individualmente falando, do cenário latino, mas tambem a pessoa que fazia a diferença nas lutas de time para o Furious. Será que Prodigy vai conseguir cobrir a falta que o Uri deixou neste time? É um ponto que devemos observar.

Last Kings

Top: Franco "Nipphu" Funes
Jungler: Sebastian "Tierwulf" Mateluna
Mid: Vicente "Rakyz" Trautmann
ADC: Matias "Whitelotus" Musso
Support: Enrique "Badmilk" Arbizu
Reserva: Matias "Focho" Porto
Head coach: Daniel "Exorant" Hume

A Last King terminou o último Split em 4º lugar, perdendo a disputa para a Rebirth Esports. O time da Last Kings já foi casa de vários talentos, como Whitelotus e Primoo e até mesmo o técnico da INTZ, Abaxial, começou lá. A Last Kings sempre trazia jogadores mecanicamente fortes, mas nunca conseguiu dar o passo necessário para ser um bom time, sempre dependendo do Azir do ex-Mid Laner xBravo ou da Riven do Solo Top Nipphu para carregar os jogos. Na próxima temporada, a Last King tem chance de parar de competir pelo 3º lugar e dominar o cenário. Prova disso é que, com nomes fortes na line-up e experiência na staff, a equipe dominou a Sudamerican Super League, no início deste mês, vencendo o torneio e perdendo apenas uma partida na Grande Final.

Destaques:
Vincent "Rakyz" Trautmann
Rakyz é um novo talento do cenário latino-americano. Ele fez 17 anos a tempo de poder assinar com um time para participar da Copa Latino-americana. Vários fãs o chamam de Faker latino por fazer várias jogadas com a Leblanc na stream. Com certeza vale a pena acompanhar esse menino, que pode se transformar em um grande jogador em pouco tempo. Só que isso vai depender de como Rakyz vai lidar com o estresse de ser um jogador profissional sendo tão jovem.

Matias "Whitelotus" Musso
Por outro lado, Whitelotus é um pouco mais experiente, tendo defendido a KLG em 2015. Ele ficou conhecido como um ADC mecanicamente muito forte especialmente com o campeão Vayne, não só fazendo jogadas boas, mas também carregando o time dele nas partidas. Será que Whitelous vai conseguir manter a forma e ter o mesmo sucesso com a Last Kings em 2016?

whitelotus-riotgamesbrasil
AD Carry Whitelotus deixou a KLG e está jogando pela Last Kings (Foto: Riot Games)

Hafnet Esports

Top: Mateo "Buggax" Aroztegui
Jungler: Cristian Gabriel "Khynm" Alonso
Mid: Fabián "Warangelus" Llanos
ADC: Ezequiel "1984" Ramírez
Support: Tomás "Tomex" Alloti
Reserva: Nicolás "Kaoz" Gutiérrez

A Hafnet Esports é o time que entrou para a Copa Latino-americana por meio da última classificatória, tomando o lugar da Bencheados. Hafnet é um time novo e com pouca experiência indo jogar o 1º Split. Tirando Buggax e Warangelus, todos já têm experiência no cenário competitivo e disputaram alguns campeonatos. Mesmo assim, os novatos desta equipe têm talentos enormes. Resta saber se isso será suficiente para a equipe conquistar seu espaço em 2016.

Destaque: Mateo "Buggax" Aroztegui
Buggax começou como mono Riven na Solo queue e subiu muito rápido. No início, teve muitos problemas para se adaptar a novos campeões, ainda mais os tanks. Ele continua tendo uma Riven muito respeitada pelos outros jogadores, já que Buggax consegue vencer matchups desfavoráveis com esse campeão. Será interessante vê-lo se adaptar a novos metas e ver como o Solo Top irá lidar com os adversários nos torneios presenciais.

-

* Alexandre "DrPuppet" Weber é analista e auxiliar técnico da equipe de League of Legends Last Kings, do Chile. Ele é nascido no Brasil, mas mora na Alemanha desde os 9 anos. Treinou o Kaos Latin Gamers (KLG) e levou a equipe à decisão do International Wildcard nesta temporada. É colunista do MyCNB desde novembro de 2015. Escreve sobre League of Legends europeu e latino-americano nos dias 15 e 30 de todo mês.
Twitter | Facebook | Youtube 


Veja também:


Tags: coluna do drpuppet, colunista15