Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Colunas
  • Opinião: Cloud Revolver é caro, mas cumpre o que promete

Opinião: Cloud Revolver é caro, mas cumpre o que promete

Fala, pessoal. Vocês clicaram nesta coluna para saber mais sobre o Cloud Revolver, o mais novo membro da família HyperX, certo? Sua resposta: "é obvio". Bem, antes de mais nada, quero deixar claro que eu não sou nenhum especialista em reviews, portanto, vou tentar fazer uma pequena avaliação e deixar minha opinião sobre o headset, beleza?

Vamos lá. Antes de falar do produto principal, vale destacar a embalagem. Vocês receberão o Revolver em uma caixa (imagem abaixo) bem produzida. Se você é daqueles(as) que gosta de aproveitar tudo, diria que dá até para usar para guardar pequenas coisas que sempre deixamos na mesa do computador.

hx-revolver-10

O Revolver

É um headset leve, apesar de a haste que envolve a cabeça ser de metal. Por ser leve, já ajuda no conforto. Esse quesito para quem passa horas na frente do computador ou console (sim, o fone funciona em Xbox One, PlayStation 4, Wii U e com smartphones) é de extrema importância.

O ajuste de tamanho para a cabeça é automático, diferente dos convencionais, que tem os ajustes nas laterais. Outro ponto importante que ajuda no conforto é que a espuma do fone é produzida com a moderna tecnologia memory foam, que se molda na cabeça/orelha. Isso é muito bom para quem utiliza óculos, assim como eu, pois ela vai se adaptar e fazer um contorno em volta da "perna" do óculos.

O microfone é destacável, seguindo a mesma linha dos outros fones da HyperX. Além disso, ele é flexível e tem cancelamento de ruído. O Revolver recebeu algumas certificações de softwares utilizados em comunicações online, como o TeamSpeak, Discord, Skype, entre outros.

Os detalhes nas laterais em vermelho não são LEDs.

hx-revolver-3 hx-revolver-6

O tão falado palco sonoro

O headset é leve, tem espumas com tecnologia moderna e tudo mais, porém, do que mais se falou quando o Revolver foi apresentado em um evento para jornalistas e convidados, em 26 de abril, em São Paulo, foi do palco sonoro (ou soundstage para quem gosta do inglês).

O palco sonoro é formado por uma série de características, como fones de 50mm, angulação dos drivers, saídas de ar, entre outras, que dão ao jogador uma melhor qualidade de som e de percepção de ambientes, promete a HyperX. Por exemplo, se você está em uma partida de Counter-Strike Global Offensive, será capaz de ouvir passos dos adversários de uma distância ainda maior, o que te dará uma certa vantagem. O Revolver não é 7.1 surround, é stereo com plugues P2.

Como mencionei antes, não sou nenhum especialista, então não vou me aprofundar nas partes mais técnicas. Deixo isso para o pessoal que manja do negócio. Sugiro que busque vídeos e avaliações de veículos especializados caso queira se aprofundar mais.

É bom?

É! O headset realmente é muito confortável. Eu sempre tive problemas com fones, pois tenho uma cabeça um tanto quanto saliente e ainda uso óculos. Passo horas na frente do computador e não senti incômodos. Ponto positivo.

Sobre o palco sonoro, eu, como usuário convencional, gostei da experiência, mas conversei com alguns cyber-atletas para ver o que eles acharam do Revolver.

Bati um papo rápido com os jogadores de CS:GO Olavo "chucky" Napoleão e Nicholas "guerri" Nogueira, ambos do CNB e-Sports Club, Bruno "BRUNAO" Guimarães, do time de CrossFire do Innova e-Sports, e Pamella "pan" Shibuya, ex-jogadora de CS, que está se aventurando em Overwatch.

Todos garantiram que a qualidade de som do headset realmente é diferente e que dá para ter uma noção de profundidade maior nas jogatinas.

Tem alguma coisa ruim no produto? Eu diria que não, mas, lendo e pesquisando, percebi a galera reclamando do preço. O Revolver está custando R$ 799,88 ou R$ 679,90 à vista na loja KaBuM.

É um valor alto? Sim, mas, no Brasil não dá para se ter algo de alta qualidade pagando um "preço justo", infelizmente.

É isso pessoal. Essa é minha opinião sobre o Revolver, espero que eu tenha ajudado. Caso eu tenha acesso a outros periféricos, tentarei fazer o mesmo aqui no MyCNB.

hx-revolver-4 hx-revolver-5

* Ricardo Set é jornalista do MyCNB


Veja também:


Tags: coluna do set