Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Colunas
  • Coluna do Djokovic #18: Análise das notas de atualização do patch 6.15

Coluna do Djokovic #18: Análise das notas de atualização do patch 6.15

Cada vez mais próximos do Campeonato Mundial de League of Legends, o meta que parecia estar definido sofrerá grandes mudanças com as modificações de campeões realizadas nesta atualização do patch 6.15. Bora conferir!

Braum
Passiva - Golpes Concussivos
DANO 40-176 (dos níveis 1 a 18) ⇒ 26-196 (dos níveis 1 a 18)

Q - Mordida do Inverno
DANO 70/115/160/205/250 ⇒ 60/105/150/195/240

Depois de meses dominante, Braum teve seu uso diminuído no competitivo com a chegada de suportes de longo alcance e que poderiam abusar de seu alcance corpo a corpo limitado, como Karma e Bardo. Os nerfs definitivamente vão reduzir ainda mais sua prioridade, tornando-o uma escolha situacional em lanes de presença forte no começo do jogo, como em parceria com Lucian e Sivir.

Corki
Passiva - Munição Hextec
TEMPO DE RECARGA DO PACOTE 300 segundos ⇒ 240 segundos

Buffs no Corki para o Mundial? Novidade...

Desde a mudança na Força da Trindade e os nerfs diretos, Corki deixou de ser uma opção viável tanto como AD Carry quanto como Mid Laner. As mudanças aumentam sua utilidade e as "janelas de oportunidade", o que é muito mais interessante para seu uso na rota do meio, já que tem acesso aos dois lados da selva adversária e está próximo da maioria dos objetivos neutros do mapa. No entanto, parece pouco: o campeão dificilmente voltará a ser priorizado como no começo do ano apenas com esta mudança.

Hecarim
Dano de Ataque e Dano do Q reduzidos.

Geral
DANO DE ATAQUE BASE 61,37 ⇒ 58

Q - Enfurecido
DANO 60/95/130/165/200 ⇒ 50/85/120/155/190

Especificamente na jungle, Hecarim se tornou um problema:  como antes era conhecido pelo early game fraco, muitos times do competitivo abusavam das inversões de lane para tornar o começo de jogo menos pegado e rapidamente chegar ao ponto em que o campeão fazia a diferença. Os nerfs tornam seu começo de jogo ainda mais fraco, o que  faz com que Junglers inimigos possam abusar mais. Infelizmente, as mudanças também afetam Hecarim na top lane, que, apesar de pouco visto, vinha subindo em popularidade nos últimos patches. Provavelmente deixará de ser uma escolha forte no competitivo.

Illaoi
Passiva - Profetisa de um Deus Ancião
NOVO O QUE TEM ATRÁS DO ARBUSTO Os tentáculos agora ficam visíveis nos arbustos para campeões inimigos dentro de seus raios de visão.

Um pouco mais de counterplay não torna a campeã tão fraca: a popularidade de Illaoi é cada vez maior nas filas ranqueadas e timidamente vem ganhando força competitiva. Tornar suas mecânicas de lane e contra-jogo mais visíveis é algo saudável para o jogo e que não a afeta tanto diretamente.

Jarvan IV
E - Estandarte Demaciano
VELOCIDADE DE ATAQUE PASSIVA 10/13/16/19/22% ⇒ 15/17,5/20/22,5/25%
AURA DA VELOCIDADE DE ATAQUE ATIVA 10/13/16/19/22% ⇒15/17,5/20/22,5/25%

Após os tão comentados buffs em seu ultimate, Jarvan IV na jungle continua com popularidade muito baixa. Grande parte disso se deve à fraqueza do Encantamento do Guerreiro no meta atual, item chave e muito sinérgico com as builds. Os buffs são extremamente significativos, ajudando especificamente o campeão na jungle nos seus primeiros clears e provavelmente viabilizando-o na selva, tanto para filas ranqueadas como para uma escolha secundária.

jarvan-iv-colunaJarvan IV poderá ser visto nas filas ranqueadas após o buffs (Foto: Divulgação)

Karma
E - Inspiração
REMOVIDO TROPAS INSPIRADAS Não pode mais atingir tropas
QUANTIDADE DE ESCUDO 80/110/140/170/200 ⇒ 70/100/130/160/190

Mantra E - Afronta
VELOCIDADE DE MOVIMENTO ADICIONAL 60% em todos os níveis de habilidade ⇒ 40/45/50/55/60% (escala com o nível de habilidade em E - Inspiração)

Nas duas roles onde aparecia competitivamente, Mid e Support, Karma apresentava um desempenho muito acima da média (especialmente na bot lane). Os nerfs afetam sua utilidade em todas as fases do jogo, mas, devido à natureza do seu kit e à deficiência de outras escolhas de Supports com características de enabler inatas tão consistentes como ela, dificilmente deixará de aparecer nas competições, mesmo com as modificações.

Kassadin
Q - Esfera Nula
DANO 70/95/120/145/170 ⇒ 65/95/125/155/185

W - Lâmina Ínfera
CORREÇÃO DE BUG Corrigido um bug que fazia com que o Dano Mágico passivo da Lâmina Ínfera não fosse aplicado às torres após a ativação

E - Força de Pulso
CUSTO 80 de Mana em todos os níveis de habilidade ⇒ 60/65/70/75/80 de Mana

Mudanças mínimas com pouquíssimo impacto competitivo, os buffs diretos a Kassadin não tornariam sua escolha tão interessante no meta atual. No entanto, devido às modificações que outros campeões da mid lane, como Azir e Viktor, sofreram, perdendo força especialmente no começo dos jogos, Kassadin pode voltar a aparecer em speed comps ao lado de Sivir, Karma e Divers de Backline. Ainda é pouco para que o campeão volte a reinar, podendo aparecer nas mãos de jogadores profissionais coreanos e chineses que já o utilizavam antes de qualquer mudança.

Malzahar
Passiva - Oscilação do Vazio
TEMPO DE RECARGA 30/18/10/6 segundos (nos níveis 1/6/11/16) ⇒30/24/18/12 segundos (nos níveis 1/6/11/16)
DURAÇÃO DO ESCUDO 1 segundo após receber dano ⇒ 0,25 segundos após receber dano

A cada atualização, novos nerfs para o Malzahar!

Desde sua atualização, o campeão demonstra um padrão de jogo com pouquíssimo espaço para retaliação e um playstyle totalmente unidirecional:  resistir às primeiras habilidades, aproximando-se de um inimigo prioritário e deletando esse alvo com seu combo de ultimate+habilidades. Recentemente, essa falta de contra-jogo apareceu em jogos competitivos, especialmente na América do Norte, o que justifica diretamente as mudanças. Não só sua passiva tem mais janelas de abuso nos levels mais avançados como também sua duração está menor em todos os momentos do jogo. Esses nerfs podem ser o começo do "adeus" definitivo de Malzahar ao competitivo.

Nidalee
Q - Arremessar Lança
DANO MÍNIMO 60/77,5/95/112,5/130 ⇒ 70/85/100/115/130
DANO MÁXIMO 180/232,5/285/337,5/390 ⇒ 210/255/300/345/390

Puma Q - Bote
DANO MÍNIMO 4/20/50/90 ⇒ 5/30/55/80
DANO MÁXIMO 8/45/125/248 ⇒ 10/67,5/137,5/220
MULTIPLICADOR 0,33 de Poder de Habilidade ⇒ 0,4 de Poder de Habilidade
DANO DA CAÇADA AUMENTADO 33% de dano adicional ao alvo caçado ⇒ 40% de dano adicional ao alvo caçado

Puma W - Investida
CORREÇÃO DE BUG O minimapa não mais intercepta o cursor quando Nidalee conjura Investida. Em outras palavras, ela não saltará em uma direção aleatória se o cursor estiver flutuando sobre o minimapa.

R - Aspecto do Puma
REMOVIDO LANÇAS VELOZES Deixa de reinicializar o ataque básico de Nidalee

Puma R - Aspecto do Puma
REMOVIDO GOLPES RÁPIDOS Deixa de reinicializar o ataque básico de Nidalee

Para a maioria dos jogadores casuais, esses parecem buffs para Nidalee: mais dano em suas habilidades, maior escalonamento e uma correção de bug no "W" ! Mas, para o competitivo e para as filas ranqueadas nos elos mais altos, as mudanças afetarão diretamente o modo de se jogar com a campeã.

Os "resets" de ataque básico que Nidalee conseguia com o "R" era ferramenta fundamental para abusar de sua agressividade no começo do jogo. Os "resets" possibilitavam não só fazer a jungle de maneira bem mais rápida e segura, "kitando" os monstros e causando um dano crescente nos primeiros levels, como também eram fundamentais em duelos e invades com Junglers adversários. Apesar das compensações em suas habilidades, com certeza a força de Nidalee foi diminuída no final das contas. Mesmo assim, sua posição única e a capacidade de levar jogos praticamente sozinha devem fazer com que Nidalee permaneça uma escolha viável e forte no competitivo.

nidalee-coluna-divulgacaoMesmo com os nerfs, Nedalee continuará uma boa opção no competitivo (Foto: Divulgação)

Renekton
Dano por segundo aumentado nos níveis iniciais. Concede Fúria na conjuração.

 R - Dominus
DANO 30/60/120 por segundo ⇒ 40/80/120 por segundo
NOVO QUE NÃO VAI DAR O QUE Ganha 20 de Fúria na conjuração

Embora tenha aparecido nas mãos de Marin no ano passado, Renekton está numa das suas piores fases como escolha competitiva desde que foi lançado. Praticamente não existem incentivos que justifiquem sua escolha perante outros lutadores no top, o que provavelmente não vai mudar de um dia para o outro com apenas esses buffs.

Por outro lado, as mudanças nas torres e nas ondas de minions de início de jogo apontam para uma diminuição da prática de inversão de lanes nos jogos competitivos, o que seria extremamente benéfico para ao campeão, que depende de uma boa atuação em sua fase de rotas e conflitos 1v1 e 2v2 de início de jogo. Com o tempo, veremos se essas mudanças abrirão espaço para o jacaré fatiar e picar novamente nas mãos dos jogadores profissionais.

Shen
Geral
REGENERAÇÃO DE VIDA BASE 10 ⇒ 8,5

Mudanças mínimas. Shen continuará extremamente relevante não só devido a sua ainda forte laning phase como a sua presença global.

Shyvana
R - Descida do Dragão
RECEBIMENTO DE FÚRIA PASSIVA POR SEGUNDO 0,66/1,33/2 ⇒ 1/1,5/2

Mudanças interessantes para Shyvana na jungle, possibilitando um começo e um meio de jogo mais fortes para a campeã. No entanto, sua falta de ferramentas e força nesse início de game ainda é o principal empecilho para seu uso efetivo no competitivo. Outro fator que aponta para que Shyvana continue longe das competições é sua build cara e demorada, o que incentiva os jogadores a focarem muito mais em farmar do que a se movimentarem em conjunto com a equipe pelo mapa.

Sona
W - Ária da Perseverança
CORREÇÃO DE BUG Corrigido um bug em que Ária da Perseverança podia ser conjurada imediatamente após Canção da Celeridade, em vez de precisar esperar o fim do breve Tempo de Recarga "global" depois que Sona conjura uma habilidade básica

Mudanças nas correções da atualização 6.14

 W - Ária da Perseverança
CURA 40/65/90/115/140 ⇒ 35/55/75/95/115

 E - Canção da Celeridade
VELOCIDADE DE MOVIMENTO PRÓPRIA 16/17/18/19/20% ⇒13/14/15/16/17%

Após os buffs, Sona passou de "pior que um minion" para "Raidboss": suas habilidades curavam demais e aumentavam em quantidades extremamente expressivas a velocidade de seus aliados, tornando-a um monstro nas lutas em equipe. Isso, somado a sua fase de rotas de forte presença e sinergia com quase todos os ADCs do meta, fez com que sua taxa de vitórias explodisse, aproximando-se de 60% em média. As modificações seguram um pouco de sua força explosiva, mas tudo indica que a campeã pode voltar a aparecer nos jogos de alto nível.

Taliyah
R - Muro da Tecelã
TEMPO DE RECARGA 160/140/120 segundos ⇒ 180/150/120 segundos

Como discutido nas notas de atualização passadas, Taliyah possivelmente apareceria como uma escolha extremamente forte competitivamente após ter suas mecânicas refinadas. O nerf no ultimate reduz um pouco a capacidade da campeã de "snowballar" um jogo sozinha, limitando sua capacidade de causar estrago nas rotas laterais. No entanto, competitivamente falando, não é necessário que um campeão realize muitas plays no início do jogo, uma ou duas investidas bem sucedidas são suficiente para se vencer um jogo de campeonato. Sendo assim, considerando que as mudanças são mais voltadas aos nivéis iniciais da habilidade, Taliyah deve ser relevante competitivamente.

Vayne
Q - Rolamento
NOVO ROLAMENTO DE ROCHAS Agora causa dano adicional em estruturas
CONSISTÊNCIA CRÍTICA O dano adicional de Rolamento e o ataque básico de Vayne não causam mais acertos críticos individualmente. Se um causa um acerto crítico, o outro também causa.

Mudanças de qualidade de vida para Vayne. Dificilmente aproximarão a campeã novamente dos jogos de campeonato, para a tristeza de Doublelift.

vayne-coluna-divulgacaoSem buffs significativos, Vayne não se tornará viável no competitivo (Foto: Divulgação)

Viktor
 R - Tempestade do Caos
CAOS CONTROLADO A Tempestade do Caos agora só conta como "retorno" (se move na velocidade máxima independente da distância) se o alvo de Viktor for ele mesmo

Mudança de pouco impacto novamente. Viktor continuará relevante competitivamente devido ao seu forte escalonamento e à contribuição nas lutas em equipe. Nos raros casos em que precisar recuar com o ultimate, ela apenas terá uma redução em sua velocidade total.

Vladimir
Geral
VELOCIDADE DE MOVIMENTO 335 ⇒ 330

W - Poça de Sangue
TEMPO DE RECARGA 26/23/20/17/14 segundos ⇒ 28/25/22/19/16 segundos

Vladimir se tornou o novo Kassadin: problemático, difícil de balancear e extremamente frustrante de se jogar contra. Os novos nerfs tentam deixar Vlad menos esguio, possibilitando aos adversários mais janelas em que possam punir o campeão. No entanto, Vlad escala de maneira incrível para o meio e o final das partidas, o que mais cedo ou mais tarde torna as mudanças pouco efetivas. Vladimir deve continuar um problema para o jogo em geral.

Zac
E - Estilingue Elástico
CORREÇÃO DE BUG O minimapa não mais intercepta o cursor quando Zac conjura Estilingue Elástico. Em outras palavras, ele não saltará em uma direção aleatória se o cursor estiver flutuando sobre o minimapa.

Mudança pequena de qualidade de vida. Zac dificilmente aparecerá competitivamente até que buffs ou mudanças diretas acontecam. O bug citado, no entanto, era bizarro, atrapalhando ainda mais sua viabilidade devido a aleatoriedade envolvida em sua ocorrência.

Zyra
Q - Farpas Mortais
DANO 60/90/120/150/180 ⇒ 60/95/130/165/200
MULTIPLICADOR 0,55 de Poder de Habilidade ⇒ 0,6 de Poder de Habilidade

Modificações visando compensar os nerfs que aconteceram no 6.13. Não devem restituir a viabilidade da campeã na mid lane, mas sua prioridade como Support deve aumentar ligeiramente, talvez pouco para que volte a ser um pick competitivo.

É isso aí, pessoal!

Assim que todas as mudanças nas torres e nas rotas relativas ao começo de jogo forem concluídas, escreverei um artigo em separado para essa discussão.

Obrigado a todos e até a próxima!

Extra: a recomendação da semana é a série “Stranger Things”, disponível pelo NetFlix. A atmosfera anos 80/90 somada ao carisma dos personagens e um plot misterioso conseguem prender o espectador por horas a fio.

-

* Thiago "Djokovic" Maia é treinador de League of Legends do CNB e-Sports Club e reconhecido como um dos maiores especialistas do game no Brasil. Foi cyber-atleta de 2012 a 2015, tendo passado por equipes como AceZone, RMA, Team United e INTZ.
Twitter | Facebook | Youtube


Veja também:


Tags: colunista15, coluna do djokovic