Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Colunas
  • Coluna do Jukaah #3: Grandes mudanças em patches prejudicam equipes

Coluna do Jukaah #3: Grandes mudanças em patches prejudicam equipes

Olá, meus queridos leitores. Tudo bem?

Nesta coluna eu falo minha opinião sobre as mudanças de patches pré-Campeonato Mundial de League of Legends, que estão acontecendo e podem acontecer durante o próximo mês. Como treinador, sei da relevância de cada mudança, buff e nerf em qualquer personagem/estrutura do jogo. Nos últimos meses, o League of Legends competitivo estava passando por um momento delicado, para a maioria dos espectadores e da Riot. Ficamos por dois ou até três meses com um meta muito trabalhado na parte de estratégia, com as "lane swaps" e movimentação em um jogo focado em rotações e objetivos.

Para mim, essas mudanças são feitas para agradar a grande massa do público, e não para gerar uma diversidade no jogo. Sabemos que a maioria dos jogadores não liga ou entende grandes rotações ou estratégias de jogo no geral. Sabemos do ânimo da torcida quando um time consegue um ou dois abates, mas não quando o time consegue uma ou duas torres.

Tirando o fato da mudança para o público, temos o grande problema de uma mudança geral no meta pouco antes do campeonato mais importante da temporada e no meio dos Playoffs das principais regiões. Para um time, isso é uma das piores coisas que podem acontecer durante o torneio. Você se prepara para aquele momento, estudando e melhorando a cada dia jogando de uma maneira, para que, no momento mais delicado da competição, tudo seja jogado fora e você tenha que se preparar de maneira não correta.

Eu li diversas vezes coisas como: "Você ganha para isso", "jogador bom tem que se adaptar" e "coach tem que saber como o meta funciona". Quem está de fora não tem a mínima ideia de como é feito o estudo de meta, quanto tempo leva e como isso muda completamente a identidade do time no campeonato. Uma frase dita pelo Reginald, que já foi cyber-atleta, treinador e hoje é o dono da TSM: "Essas mudanças no LoL são como você chegar na NBA e mudar o peso da bola quando começar os Playoffs". Não é questão de vontade de se adaptar ao meta, e sim o tempo que isso leva e muda todo um planejamento de três meses que o time vem mantendo.

No último Mundial, ocorreram grandes mudanças de meta antes do campeonato, o que provocou problemas com várias escolhas (como GangPlank e Mordekaiser, por exemplo, que apareceram 100% nos picks e bans) e como o jogo seria jogado até o final da fase de grupos. E, pelo visto, vamos ter um problema parecido neste ano.

Para os times participantes dos Playoffs, no momento, nas principais regiões, podemos ver a quantidade de reclamações com as mudanças. O erro não é atualização, com alguns buffs e nerfs, mas sim o nível/tamanho dessas alterações. Não está sendo uma mudança gradual. Se em três patches seguidos você tem grandes mudanças, há uma instabilidade que joga todo o trabalho que foi feito pelos treinadores e jogadores no lixo.

Quando o patch vem com mudanças normais, sem repetidas alterações, você consegue adaptar o seu velho conhecimento junto ao novo e isso flui de maneira melhor.

Depois de fazer uma modificação nas torres que mudaria todo o cenário competitivo, fazer grandes mudanças em campeões deixa tudo pior para o estudo dos times e cria uma instabilidade no meta que pode deixar alguns campeões extremamente fortes como já vimos no passado. Daqui para a frente, espero que a Riot pense melhor nas mudanças e como serão implementadas no jogo.

Essa é minha opinião sobre tudo isso, com base no meu trabalho como treinador. Obrigado a todos!

* Ednilson "Jukaah" Vargas é especialista em League of Legends e atualmente mora nos Estados Unidos, onde produz conteúdo multimídia sobre o cenário competitivo. Foi treinador de equipes brasileiras renomadas, como paiN Gaming, KaBuM.Black e Keyd Stars. É colunista do MyCNB desde julho de 2016 e escreve sobre o cenário brasileiro de LoL nos dias 25 e 10 de todo mês.
Twitter | Facebook | Youtube


Veja também:


Tags: colunista15, coluna do jukaah