Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Colunas
  • Coluna do Djokovic #27: Análise das notas de atualização do patch 6.24

Coluna do Djokovic #27: Análise das notas de atualização do patch 6.24

O patch 6.24 de League of Legends traz muitas novidades: um novo campeão, rebalanceamento de alguns campeões e mudanças importantes no Rylai. Bora discutir!

Camille
Será lançada em breve e já promete competitivamente! A campeã lembra o gameplay de campeões móveis, como Lee Sin e Elise, além de possuir dano e habilidades para tankar inatas, o que chama a atenção para seu uso na selva. No entanto, se o escalonamento de suas habilidades for adequado, pode aproveitar o ouro extra farmado no top para ser jogada nessa posição. É uma campeã que demandará reflexos rápidos e pensamento afiado, coisas que os jogadores profissionais têm de sobra.

Akali
Passiva - Disciplinas Gêmea
Agora pode ser usada contra estruturas

Akali é um dos assassinos que mais tem tido dificuldade de conseguir emplacar no meta atual. Apesar das boas mudanças, a campeã não consegue se encaixar perante opções melhores, ostentando um dos piores win ratios da top lane. Muitos jogadores estão optando por uma build mais tanque e menos assassina, mas mesmo assim não têm tido tanto sucesso. Essa mudança torna o gameplay da campeã mais recompensador, mas ainda é pouco. As mudanças no Rylai atrapalham ainda mais a campeã, que utilizava muito bem o item.

Azir
Passiva - Legado de Shurima
ESCALAMENTO DO DANO DE ATAQUE 3 por minuto ⇒ 4 por minuto
RECOMPENSA DO INIMIGO AO SER DESTRUÍDO 100 de ouro ⇒ 50 de ouro

W - Surja!
TEMPO DE RECARGA DA CARGA 12/11/10/9/8 segundos ⇒ 10/9/8/7/6 segundos

Eu sempre comentava o quanto Azir estava desbalanceado em atualizações do começo e meio do ano. Após os nerfs decisivos no "W" e no dano de ataque de seus soldados, o campeão não viu praticamente sumiu do competitivo. Recentemente, Viktor voltou a tomar seu posto como control mage de escolha e finalmente buffs chegam para tentar viabilizar Azir. São, sem dúvidas, buffs interessantes, mas a mudança na quantidade de lentidão do Rylai o afeta de maneira intensa, tornando seu poke menos confiável (o Decreto do Senhor do Trovão será mais difícil de ativar) e sua teamfight menos impactante. Azir deve subir um pouco nas estatísticas, mas ainda está longe de voltar aos dias de glória.

azir-lol-divulgacaoAzir recebeu melhorias, mas não deve voltar ao competitivo (Foto: Divulgação)

Fiddlesticks
W - Drenar
DANO POR CICLO 60/90/120/150/180 ⇒ 80/105/130/155/180
CORREÇÃO DE EFEITO Foi corrigido um bug que fazia com que Drenar não aplicasse o ciclo final de dano

E - Ventania Sombria
TEMPO DE RECARGA 15/14/13/12/11 segundos ⇒ 12/11,5/11/10,5/10 segundos

Se tem alguém que está sofrendo de verdade na pré-temporada, esse alguém é o Fiddlesticks. Após grandes melhorias no meio do ano, o campeão é um dos piores adaptados a essa nova selva. Especialmente as acuâminas e os krugues estão dando muito trabalho para serem limpos, além dos novos itens e a volta dos assassinos serem fatores fortes contra o espantalho. Os buffs ajudam seus primeiros clears, mas será difícil ver Fiddle no competitivo sem mudanças mais impactantes.

Fizz
R - Lançar Isca
FITA DE ISOLAMENTO Peixes lançados agora exibem seu raio de vínculo aos inimigos
ENTUSIASMO Peixes lançados agora pulam visualmente nos inimigos em que eles se prenderam, em vez de se teletransportarem instantaneamente para eles

PEIXE MORTO Peixes que não conseguirem se prender a um inimigo (ao cair após baterem em um Escudo de Feitiço ou quando o alvo original já tiver morrido) não mostram o anel de vínculo e, em vez disso, viram de barriga para cima

Correções de bugs
Corrigido um bug em que o Tempo de Recarga de W - Tridente da Pedra do Mar não era restituído caso abatesse um Campeão inimigo em forma de pós-morte (ex.: Karthus, Sion)

Após as mudanças (e mesmo antes delas), Fizz tinha pouca clareza nos combos com o ultimate. A precisão visual ajuda tanto quem está jogando com o campeão como os inimigos, então deve ter pouco impacto nos win ratios medianos do campeão. Ainda não deve emplacar no competitivo.

Garen
E - Julgamento
NOVO FRAGMENTAÇÃO DE ARMADURAS Campeões inimigos golpeados 4 vezes têm a Armadura reduzida em 25% por 6 segundos (golpes depois do 4° renovam a duração)

Um campeão que, devido à simplicidade de kit, praticamente não foi usado competitivamente, recebe seu primeiro grande buff. Ainda é muito pouco para viabilizá-lo, já que Garen continua extremamente fácil de kitar: a mobilidade dos campeões hoje em dia é muito grande, sendo que a maioria conta com lentidões, empurrões e atordoamentos à disposição. Não é o suficiente para o competitivo.

Ivern
E - Semente Engatilhada
CUSTO 50 de Mana ⇒ 70 de Mana
REDUÇÃO DE VELOCIDADE DE MOVIMENTO 70% em todos os níveis de habilidade ⇒ 40/45/50/55/60%

Ivern estava acima da curva.

MUITO ACIMA DA CURVA! O early e mid game não tinham paralelos, o que, somado à utilidade e mecânicas únicas, o transformou no novo rei da selva. Os nerfs são severos: seu começo de jogo foi extremamente impactado, transformando o campeão em um lutador de meio de jogo. Mas ele ainda retém sua utilidade e todo o arsenal de controle de grupo e dano mágico junto a Margarida. Deve continuar viável competitivamente, porém mais encaixado em comps de proteção e peel.

ivern-divulgacaoNovato, Ivern está forte e muito viável no cenário competitivo (Foto: Divulgação)

Katarina
Passiva - Voracidade

Adagas causam um pouco mais de dano em todos os níveis de habilidade, escalando mais rapidamente no início, porém mais lentamente no fim (o dano nos níveis 1 e 18 estão praticamente inalterados). A diferença de dano é mais considerável no nível 10 (+10 de dano).

DANO DA ADAGA (NÍVEIS 1 - 6) 75/78/83/88/95/103 ⇒ 75/80/87/94/102/111
DANO DA ADAGA (NÍVEIS 7 - 12) 112/122/133/145/159/173 ⇒120/131/143/155/168/183
DANO DA ADAGA (NÍVEIS 13 - 18) 189/206/224/243/264/285 ⇒198/214/231/248/267/287

Correções de bugs

O ícone do R - Lótus da Morte de Katarina deixa de acender enquanto ela estiver morta e houver inimigos próximos a seu corpo

Se Katarina alcançar uma adaga de W - Preparação ao fim do tempo de conjuração de E - Shunpo, o dano da adaga de Preparação deixa de segui-la até o local do Shunpo

Se Katarina usar E - Shunpo em direção a um aliado ou adaga, o dano dele agora é adequadamente transferido à tropa ou monstro da selva mais próximo se não houver Campeões inimigos no alcance

Katarina melhorou bastante após o rework, com laning phase e teamfight muito melhores. No entanto, o escalonamento de meio de jogo ficava muito atrás de praticamente todos os outros mid laners mais comumente utilizados, o que fazia com que ela perdesse lutas quando estava mais forte que os adversários, não por erros, mas muitas vezes por não escalar tanto quanto os adversários. As mudanças serão perceptíveis e a viabilidade competitiva fica mais próxima.

Kog'Maw
W - Barragem Bio-Arcana
DANO AO CONTATO 2/3/4/5/6% de Vida máxima ⇒ 3/4/5/6/7% de Vida máxima

E - Gosma do Vazio
DANO 60/110/160/210/260 ⇒ 60/105/150/195/240
MULTIPLICADOR 0,7 de Poder de Habilidade ⇒ 0,5 de Poder de Habilidade

As frustrantes mudanças no Kog continuam, com mais um buff no "W" (desta vez o dano) e compensação no dano base do "E". A ideia é evitar que os Kogs maximizem o "E", optando pela Barragem como prioridade. Não deve torná-lo imediatamente viável, tendo em vista que, no meta atual de ADCs, os de utilidade (Ashe, Jhin...) têm tido destaque. Dos hyper carries, a Vayne também é destaque (mas já começou sua onda de nerfs neste patch).

LeBlanc
Atributos básicos
REGENERAÇÃO DE VIDA 8,5 ⇒ 7,4
ATRIBUTO DE CRESCIMENTO - REGENERAÇÃO DE VIDA 0,8 ⇒ 0,55

Q - Orbe Estilhaçado
DANO 55/80/105/130/155 ⇒ ⇒ 55/90/125/160/195
DANO AO RESSALTAR CONTRA TROPAS 120%⇒80%
CORREÇÃO DE DICA FLUTUANTE A dica flutuante do Orbe Estilhaçado agora reflete o dano correto ao ressaltar contra tropas
CORREÇÃO DE BUG Os ressaltos do Orbe Estilhaçado não contam mais como feitiços de alvo único para o Vampirismo Mágico

E - Correntes Etéreas
DANO 40/65/90/115/140 ⇒ 40/60/80/100/120

Le Blanc foi a assassina mais bem sucedida dentre os que sofreram rework, bem sucedida demais, por sinal. A laning phase da campeã ficou extremamente fora de linha comparada com outros campeões do jogo, o que abre possibilidade de atuar nas lanes laterais após ganhar a briga de push de waves, além de poder segurar o jogo bem com o "Q" embaixo da torre. O burst dela estava muito alto e, mesmo após as mudanças, continua relevante. Dos assassinos, é a que deve aparecer nas competições.

Master Yi
Passiva - Ataque Duplo
Corrigido um bug em que a Lâmina da Fúria de Guinsoo causava dano ao Master Yi no segundo golpe do Ataque Duplo

Q - Ataque Alpha
O Ataque Alpha agora determina a posição final do Master Yi no momento do dano, em vez de 0,05 segundos antes. Em outras palavras, Master Yi termina perto do alvo de modo mais previsível quando o alvo usa Flash depois de um Ataque Alpha. (Duração do Ataque Alpha não alterada)

Master Yi, além de não se encaixar em praticamente nenhum meta competitivo, estava bugado. Deve voltar às filas ranqueadas após os consertos, mas não parece se encaixar muito no estado atual do jogo.

Nidalee
+5,12 de DdA
Atributos básicos
DANO DE ATAQUE 47,88 ⇒ 53

Que campeão problemático! Nidalee é uma daquelas que ou é super forte, dominante e sem counters ou está totalmente fraca e injogável (estado atual dela, por sinal). Kit, mecânica, mobilidade e natureza da caçadora acabam gerando esse paradoxo: para ser boa e usável, Nida precisa ser dominante. Quando ela está dominante, é pick ou, mais certamente, ban, sendo pouquíssima usada por isso. Os buffs a tornam menos fraca, mas são pequenos demais para considerar o pick forte ao lado de opções melhores como Lee Sin, Zac, Hecarim, Rek'Sai, entre outros.

Rengar
Atributos básicos
ATRIBUTO DE CRESCIMENTO - DANO DE ATAQUE 1,0 ⇒ 1,5

Colar de Presas
ADICIONAL PURO 1/3/6/10/15 de Dano de Ataque ⇒ 1/3/7/13/20 de Dano de Ataque
PERCENTUAL DE ADICIONAL +2/6/12/20/30% de Dano de Ataque adicional ⇒ +1/3/7/13/20% de Dano de Ataque adicional

CORREÇÃO DE BUG Corrigido um bug em que o Colar de Presas estava concedendo a % de Dano de Ataque total em vez da % do Dano de Ataque adicional

O campeão que foi de sumido a perma ban em soloq finalmente tem  ajustes. Rengar estava forte demais devido a um bug no colar de presas, que possibilitava um efeito de bola de neve totalmente fora de controle. Ele foi compensado, mas o early game e a capacidade de levar um game nas costas foram drasticamente reduzidos. Rengar deve ter se tornado um assassino/bruiser, mas em linha, com nerfs justificados. Mesmo assim, as novas funcionalidades e mecânicas do "W" devem garantir uso em algumas composições do competitivo.

rengar-lol-divulgacaoRengar foi nerfado, mas ainda poderá aparecer no competitivo (Foto: Divulgacação)

Shaco
Corrigimos algumas falhas em Apunhalar, que não estava fazendo o que o jogador esperava.

Passiva - Apunhalar
Se o ataque que acionar Apunhalar será um golpe crítico, agora ele concederá o dano crítico normal em vez do dano crítico reduzido de Apunhalar

Corrigido um bug em que Apunhalar não estava acumulando o Decreto do Senhor do Trovão

Shaco tem early game demais e mid/late de menos para o competitivo. As mudanças o ajudam nas filas ranqueadas mais ainda, já que o campeão foi um dos que mais se beneficiaram com as mudanças da pré-temporada. Ainda assim, está longe de ser cogitado em torneios.

Shyvana
Passiva - Fúria do Meio-dragão

HOWLING ABYSS Shyvana ganha 5 de Armadura e Resistência Mágica para cada torre que sua equipe destrói
TWISTED TREELINE Shyvana causa mais 10% de dano contra Maldíbula e ganha 5 de Armadura e Resistência Mágica por cada Maldíbula que sua equipe matar

Howling Abyssa e Twisted Treeline não parecem muito... material competitivo. Se é que vocês me entendem.

Twitch
Passiva - Veneno Mortal
DANO VERDADEIRO POR ACÚMULO 2/3/4/5/6 ⇒ 1/2/3/4/5

W - Tonel de Veneno
CUSTO 50 de Mana ⇒ 70 de Mana

Muitos se surpreenderão ao saber que Twitch estava com um dos maiores (em algumas regiões o maior) ratio de vitória entre os ADCs. As mudanças no "Q" fizeram com que ele se tornasse um lutador muito melhor, com uma laning phase mais sólida e exepcional para literalmente explodir os carries adversários. Essa laning phase, em alguns casos, era abusiva demais, especialmente ao lado de Zyra, Karma e Nami. As mudanças o colocam mais em linha com os outros ADCs, mas os cyber-atletas mais experientes podem mesmo assim tentar utilizá-lo no começo da temporada.

Varus
Passiva - Vingança Viva
NOVO MULTIPLICADOR DE VELOCIDADE DE ATAQUE ADICIONAL +50% de Velocidade de Ataque adicional em abates/assistências de Campeões (metade do valor para abates de tropas/monstros)

DURAÇÃO 6 segundos para ativação em Campeões, 3 segundos para ativação em tropas/monstros ⇒ 5 segundos em ambos os casos

Varus foi uma força a ser reconhecida na sexta temporada, principalmente por sua capacidade de poke e iniciação quando usado como mid laner. De forma a ajudá-lo como ADC, mudanças na passiva tornam mais atraente para ele buildar velocidade de ataque e jogar ao redor da passiva de "W". Mesmo assim, ainda é pouco e o campeão deve continuar com sua build usual na maoria das vezes, seja no meio ou no bot.  Continua com relevância competitiva, mesmo após todas as mudanças (embora menor).

Vayne
Q - Rolamento
DANO ADICIONAL 0,3/0,4/0,5/0,6/0,7 de Dano de Ataque total ⇒ 0,3/0,35/0,4/0,45/0,5 de Dano de Ataque total

É só o DoubleLift pedir para se afastar um pouco que a Vayne se aproxima do competitivo...

Brincadeiras à parte, a campeã está na sua melhor forma desde muito tempo, com uma rota sólida, bons suportes com sinergia disponíveis, difícil de ser revelada e com dano muito acima da média. O early game, problema de sempre da campeã, não é mais um empecilho tão grande e ela consegue lidar muito bem com os assassinos. Caso composições de proteger carries voltem a serem usadas no competitivo, Vayne será uma opção muito forte nelas.

É isso aí! O ano está quase acabando e teremos, no máximo, mais um patch.

Comentários e críticas, logo abaixo.

Até a próxima!

Extra: Sem extra, ainda temos que estudar pras provas guys. 

-

* Thiago "Djokovic" Maia é treinador-chefe de League of Legends do Keyd Stars e reconhecido como um dos maiores especialistas do game no Brasil. Foi cyber-atleta de 2012 a 2015, tendo passado por equipes como AceZone, RMA, Team United e INTZ. Como técnico, ficou dois anos no CNB e-Sports Club.
Twitter | Facebook | Youtube
 


Veja também:


Tags: colunista15, coluna do djokovic