Siga o MyCNB  

Keyd com dois coreanos e brTT na line-up

O plano do manager do Keyd Team, Renan "Philip" Philip, era reformular a equipe para 2014 contratando estrelas do cenário brasileiro. Porém, a organização foi além no processo de reestruturação e contará, a partir da próxima semana, com dois sul-coreanos, além do AD Carry Felipe "brTT" Gonçalves.

sunoOs dois cyber-atletas da Coreia do Sul, potência do League of Legends, contratados pelo Keyd não são desconhecidos. Trata-se do Mid Laner An "SuNo" Sun-ho (passou por SK Telecom T1, Samsung Galaxy Blue e Quantic Gaming – foto ao lado) e Park "Winged" Tae Jin (defendeu o NaJin Black Sword).

É a primeira vez que uma equipe brasileira da modalidade terá jogadores de tamanha expressão internacional. No Counter-Strike, o famoso Made in Brazil (mibr) chegou a contratar estrangeiros, como o sueco Johan "vesslan" Ryman e o norueguês Ola "elemeNt" Moum. Essas experiências serviram de base para o Keyd.

"Tivemos a ideia em uma conversa informal, lembrando do mibr que trouxe bsl e elemeNt. Só que, no nosso cenário, o que a Europa era para o Counter-Strike, a Coreia é para nós", conta Philip, com exclusividade ao site do CNB e-Sports Club.

O manager conseguiu os contatos dos dois jogadores por meio de pessoas que conheceu na Final Mundial da World Cyber Games (WCG), realizada em Kunshan, na China, quando ainda fazia parte da KaBuM. "Eu comecei e o Edu [um dos donos da organização] levou as negociações depois. O Edu tem descendência e fala coreano fluentemente. Lá na Coreia um primo dele fechou tudo".

Como antecipou o site do CNB, a posição de AD Carry será ocupada por brTT. O jogador saiu do paiN Gaming, alegando desmotivação por estar em uma zona de conforto com os bons resultados da equipe. Em uma publicação no Facebook, o jogador disse que estava sufocado por ter o Brasil "como limite". Agora, terá a oportunidade de atuar ao lado de dois sul-coreanos.

"Me deram a proposta do 'time dos sonhos' quando já estava quase decidido a sair da paiN. Só faltava aquele empurrão, ter onde agarrar. Tenho certeza de que esses dois coreanos vão nos ensinar muito, extremamente muito. Detalhes que talvez a gente não consiga ver no Brasil, detalhes que fazem a Coreia ter o time campeão do Mundial e a gente não. Acredito que a chegada deles no nosso time vai fazer com que todos os outros times também aprendam e cresçam", afirma brTT ao myCNB.

brtt bgl arena

brtt bgl arenabrTT comemora oportunidade de jogar ao lado de dois sul-coreanos

Com a entrada do trio, Matheus "Mylon" Borges volta a ser Solo Top, posição em que se destacou para o cenário nacional. Em novembro do ano passado, o jogador venceu a BGL Arena #3 como AD Carry. O Top Diogo "Shini" Rogê passa a ser reserva. Ele foi contratado em dezembro, após a saída de Rafael "SoulSilver" Lanna.

Na semana passada, o Keyd perdeu Gabriel "Revolta" Henud, que está fazendo testes para o CNB, e Guilherme "Snowlz" Neves, insatisfeito por ter sido excluído dos planos de reformulação da equipe.

Keyd Team

Felipe "brTT" Gonçalves (AD Carry)
Caio "Loop" Almeida (Support)
Matheus "Mylon" Borges (Solo Top)
An "SuNo" Sun-ho (Mid Laner)
Park "Winged" Tae Jin (Jungler)

Diogo "Shini" Rogê (reserva)
Renan "Philip" Philip (manager)