Siga o MyCNB  


Minerva se destaca de AD Carry na Regional

Estreante no cenário competitivo como AD Carry, Gustavo "Minerva" Queiroz foi o destaque da surpreendente campanha da KaBuM na etapa de São Paulo da Final Regional Brasileira de League of Legends, realizada no último fim de semana.

O cyber-atleta entrou na equipe para substituir Martin "Espeon" Gonçalves como Suppport, role na qual começou a atuar quando foi contratado pelo paiN Gaming. No período de preparação para a Regional, a KaBuM decidiu testar Minerva como AD Carry a partir de uma sugestão descompromissada do próprio jogador, de acordo com o capitão Pedro "LEP" Marcari.

"Sempre quisemos que o dans fosse Support, só que ele não queria. Quando o Minerva entrou no time, anda tínhamos a ideia de ter dans AD e Minerva Support, até que um dia o Minerva falou: 'deixa eu testar em um treino como AD'. Todo mundo negou, mas o Ziriguidun [coach da equipe] falou para jogar. Jogamos duas partidas, gostamos e ficou", conta LEP, ressaltando que Minerva deu a ideia de brincadeira.

O que, a princípio, era uma brincadeira se tornou um trunfo para a KaBuM, tanto que os jogadores mantiveram a mudança em segredo e a organização não anunciou a novidade para o público. A alteração só veio à tona quando o site do Circuito Brasileiro (CBLoL) publicou a line-up com a qual a KaBuM disputaria a Regional. Quando divulgada, a mudança causou surpresa na comunidade.

Mas Minerva superou a insegurança de jogar em uma role na qual nunca havia atuado no cenário competitivo, logo na competição mais importante do ano, e deu show. Segundo estatísticas do site Demacia, o jogador ficou em 3º lugar no ranking de abates da etapa de São Paulo da Regional, com média de 6,6 kills por jogo, atrás apenas de Murilo "Takeshi" Alves (Mid Laner do CNB e-Sports Club) e Micael "micaO" Rodrigues (AD Carry do INTZ).


Minerva foi o destaque da KaBuM na Final Regional Brasileira de League of Legends, em São Paulo

Depois de vencer o duelo contra o experiente AD Carry Felipe "brTT" Gonçalves na série sobre o Keyd Stars, Minerva disse ao myCNB que não estava confiante com a nova função nos treinamentos. "Eu estava bem inseguro. Com o decorrer do tempo, meus companheiros foram me passando confiança e deu tudo certo".

No confronto contra o Keyd, Minerva fez 6/1/3 de Kog'Maw na primeira partida e 7/2/5 de Twitch na segunda.


Veja também:


Tags: mycnb, final regional brasileira, League of legends, lol, minerva, kabum