Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Acertado com o paiN Gaming, time de DotA 2 deixa o CNB HyperX

Acertado com o paiN Gaming, time de DotA 2 deixa o CNB HyperX

O CNB HyperX anuncia nesta terça-feira (9) a saída da equipe de DotA 2 da organização. O time, que representava o CNB desde março deste ano, aceitou a proposta do paiN Gaming, logo após o anúncio da realização de um campeonato de DotA na Brasil Game Show (BGS).

A direção do CNB fez uma contra-proposta e até tentou manter a equipe, melhorando as condições de trabalho para o time. Entretanto, os jogadores decidiram sair. Paulo "Klotz" Klotz não estava rendendo conforme o esperado e seria substituído por Arthur "padaa" Zarzur, dono do paiN.

"Fiquei realmente desapontado com a postura dos jogadores e do paiN", lamenta o diretor operacional do CNB HyperX, Cleber "fuzi" Fonseca. "O CNB foi o único que acreditou e investiu nesse time. Mesmo nós oferecendo uma proposta melhor, depois de seis meses de investimento, os jogadores resolveram a situação da pior maneira possível, indo para o nosso principal concorrente, em um momento que poderiam colher os frutos do trabalho, participando de três grandes campeonatos. A falta de profissionalismo é um dos motivos de o cenário de DotA no Brasil estar tão ultrapassado".

Pelo CNB, a equipe disputou o classificatório americano do The International, o Campeonato Mundial de DotA 2, e manteve a soberania no cenário brasileiro ao longo do ano.

cnb-dota2
Equipe que lidera o cenário nacional de DotA 2 não representa mais o CNB HyperX

"Infelizmente estamos deixando o CNB, não por algum problema interno, mas sim para tentar consertar os erros do nosso time. Reconheço o esforço que o CNB fez pela equipe e respeito toda e qualquer indignação por parte da diretoria do CNB. O que esta organização fez por esse jogo ninguém fez até então. Seremos eternamente gratos por esse período", comenta o manager do time, Bruno "frozeN" Querino.

Sobre o futuro no DotA 2, fuzi afirma que o CNB só investirá em uma line-up com sangue novo e que dê valor para a organização.

O CNB era representado por:

Adriano "4dr" Machado
Thárcio "Baga" Medeiros
Danylo "KINGRD" Nascimento
Paulo "Klotz" Klotz
Danilo "Nedbone" Silva

Bruno "frozeN" Querino (manager)