Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Equipe de narração do CBLoL 2015 terá sete casters

Equipe de narração do CBLoL 2015 terá sete casters

Sete casters farão parte da equipe de transmissão do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) de 2015. O time de narração foi anunciado pela Riot Games Brasil, em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (15).

A apresentação ficará a cargo de Gustavo "loldubr" Docil. Na narração estarão Diego "Toboco" Pereira e Tácio "Schaeppi" Schaeppi. Os comentaristas, que participarão da transmissão durante a realização das partidas, serão Guilherme "Tixinha" Cheida e Flávio "P3po" da Silva. Já Gustavo "gstv" Cima e Gustavo "Melao13" Ruzza terão a responsabilidade de analisar os jogos.

Para definir os escolhidos, a Riot Games Brasil realizou um criterioso processo de seleção, no início de dezembro passado, com a participação de todos os principais casters do mercado brasileiro. Foram 20 candidatos. Eles estiveram em um estúdio e tiveram que fazer testes para quatro funções: narrador, comentarista, analista e apresentador. No caso de apresentador, por exemplo, os candidatos tinham que ler um texto no teleprompter.

Os candidatos foram avaliados por uma equipe multidisciplinar montada pela Riot, com profissionais de televisão e narração e fonoaudiólogo. O desempenho deles em cada uma das funções recebeu notas e comentários. E, a partir disso, definiram-se os escolhidos.

"A Riot convidou profissionais que não conhecem e não são do meio de e-sports para garantir que dariam uma posição correta", explicou o gerente de e-sports da empresa, Philipe "PH Suman" Monteiro, em entrevista ao MyCNB. "Se dependesse só do pessoal da Riot, ia ser muito mais uma questão de preferência do que qualidade técnica".

equipe-transmissao-narracao-cblol-2015-riot-games
Equipe de transmissão foi escolhida após criterioso processo de seleção (Foto: Riot Games)

Os casters serão contratados pela Riot Games Brasil e não poderão participar de transmissões de outras modalidades enquanto o Campeonato Brasileiro de League of Legends estiver acontecendo. "Não são funcionários Riot, mas são contratados durante a temporada, trabalhando exclusivamente para a Riot. Estamos dando treinamento e fazendo investimento", disse o gerente geral da Riot brasileira, Roberto Iervolino, na conversa com os jornalistas.

Os membros da transmissão ainda poderão trocar de função ao longo do campeonato, se a Riot achar que se encaixam melhor em outra posição.


Veja também:


Tags: League of legends, cblol, transmissão