Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • No 1º dia do CBLoL 2015, equipes correspondem às expectativas

No 1º dia do CBLoL 2015, equipes correspondem às expectativas

A Riot Games Brasil estava apreensiva com o passo que daria com o Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) de 2015 em estúdio. Mas pode comemorar. No primeiro dia da competição, neste sábado (17), não houve problemas técnicos aparentes e atrasos, a transmissão transcorreu com perfeição e os times corresponderam às expectativas com boas apresentações.

O clássico Keyd Stars versus paiN Gaming, que abriu as disputas, terminou empatado em 1 a 1, e o CNB HyperX estreou com o pé direito ao vencer o Dexterity por 2 a 0. Com isso, a equipe do técnico Thiago "Djokovic" Maia somou 3 pontos e dormirá na liderança do CBLoL.

Clique aqui para ver a cobertura completa do Campeonato Brasileiro de League of Legends de 2015

Leia também: Veja, em vídeo, como é o estúdio onde são disputados os jogos do CBLoL 2015 (clique aqui)

Semana 1 Dia 1

Pontualmente às 14 horas começou a transmissão do Campeonato Brasileiro, com um vídeo de apresentação do estúdio onde serão disputados os confrontos da competição. Depois, o apresentador, o analista, o narrador e o comentarista se apresentaram, explicando o sistema de disputa do torneio e falando sobre o primeiro duelo do dia.

O AD Carry do CNB HyperX, Rodrigo "Kalec" Rodrigues, participou da conversa, mostrando a intenção da Riot Games em oferecer cada vez mais conteúdo técnico aos espectadores. O cyber-atleta analisou as possibilidades do clássico entre Keyd e paiN. Na sequência, um novo vídeo mostrou a reação dos jogadores ao conhecerem o estúdio.

Dinâmico, o pré-show durou menos de dez minutos. Às 14h09, o narrador assumiu o controle da transmissão para os picks e bans da primeira partida. O paiN escolheu uma composição com muito controle de grupo, com Lissandra, Pantheon e Katarina. Já o Keyd optou por uma formação de poke, com Jayce e Corki.

Na lane phase, a equipe de Gabriel "Kami" dos Santos colocou muita pressão no Keyd, principalmente na rota inferior, onde o AD Carry Felipe "brTT" Gonçalves e o Support Hugo "Dioud" Padioleau obrigaram a bot lane adversária a jogar debaixo da torre.

pain-gaming-cblol-2015-vence-keyd-reproducao-pain
paiN venceu partida equilibrada e largou na frente do placar (Foto: Reprodução/paiN Gaming)

Pressionados, Caio "Loop" Almeida e companhia aproveitaram o recall do paiN para iniciar o dragão. Entretanto, desistiram ao ver a aproximação dos adversários, tiveram duas baixas e só mataram um.

O jogo manteve-se muito equilibrado, com os dois times buscando minimizar os erros. Uma falha no top, por exemplo, custou duas torres para o paiN. O Solo Top Whesley "Leko" Holler acabou cercado, e o Keyd limpou toda a rota superior.

O lance decisivo da primeira partida aconteceu aos 42 minutos, quando o Keyd fez o barão, mas perdeu a teamfight após belíssimo triplekill de Kami com Katarina. O paiN aproveitou a vantagem e destruiu a base do Keyd.

Já no segundo jogo, o Keyd garantiu a vitória antes de 4 minutos, ainda no level 1, quando invadiu o vermelho adversário e, na luta, eliminou cinco jogadores e perdeu somente um. Com duas kills na mão, o AD Carry Jin-hyun "Emperor" Kim escalou melhor que brTT e fez a diferença, assim como Matheus "Mylon" Borges de Kassadin.

A desvantagem era tamanha que, aos 15 minutos, o paiN estava a 5 mil de ouro atrás do Keyd. Já aos 20 minutos, o time dos coreanos levou a torre do inibidor da mid lane e abriu caminho para a vitória, conquistada minutos depois. Com isso, ambas as equipes somaram 1 ponto na classificação.

keyd-vence-pain-cblol-2015-reproducao-stream
Keyd Stars superou derrota inicial e atropelou na segunda partida (Foto: Reprodução/Stream)

CNB x Dexterity

CNB e Dexterity protagonizaram a segunda série do dia. A nova line-up do CNB jogava pela primeira vez em um campeonato oficial, organizado pela Riot Games, e o Dex estreava em torneios presenciais.

Apesar de ser um time novo, o Dexterity conta com cyber-atletas veteranos, como o Support Roberto "Anjinho" Buzzoleti, que atuou na competição de abertura do servidor brasileiro, em 2012. Mesmo sendo mais inexperientes, os blumers começaram melhor e abriram uma tripla vantagem quando Franklin "Aoshi" Coutinho fez o First Blood no top e o Support Willyan "Wos" Bonpam matou os dois adversários da bot lane.

As duas kills para o Support não fizeram falta para o AD Carry Kalec, o mais experiente do grupo, pois o jogador conseguiu farmar muito bem e aproveitou a vantagem criada por sua equipe no início do jogo.

O CNB priorizou os objetivos, forçando a derrubada das torres e matando o dragão assim que nascia. Aos 20 minutos de partida, o CNB tinha 8 a 2 em kills e 4 mil de ouro a frente. Mais forte, os blumers optaram por manter quatro jogadores juntos, enquanto Kalec farmava sozinho e pressionava o AD Carry adversário contra a torre.

Até quando o Dexterity ensaiou bons momentos, ao encaixar boas lutas, o CNB soube reverter a desvantagem. Foi assim em pelos menos duas teamfights em que André "Rellik" Guerra e companhia iniciavam, mas acabavam derrotados. O foco do CNB era tão intenso que a equipe levou todas as torres e preferiu derrubar os três inibidores antes de partir para o ataque final ao Nexus que culminou na vitória.

cnb-vence-dexterity-cblol-2015-reproducao-stream
CNB HyperX estreou no CBLoL 2015 com importante vitória (Foto: Reprodução/Stream)

Passado o nervosismo da estreia, o Dexterity voltou diferente para a sequência do duelo. O First Blood de Carlos "Nappon" Rücker, de Lee Sin, na bot lane não foi capaz de dar muita vantagem para o CNB, que enfrentou um adversário mais organizado na segunda partida da série.

Aos 18 minutos, a equipe de Anjinho conseguiu duas eliminações e abriu 6 a 4. Mesmo assim, o CNB estava na frente em ouro. Quando Kalec e companhia se aprontavam para o dragão, aproveitaram um erro de posicionamento de Rellik para abatê-lo e derrubaram duas torres e o inibidor do mid.

O Dex não parecia disposto a se entregar tão facilmente e, no retorno da base, matou três blumers, indo para o top e levando o inibidor. Nos minutos seguintes, as duas equipes continuaram tentando manter o controle das lanes, estando os super minions em campo. O CNB fez melhor esse trabalho e, com o passar do tempo, ficou mais forte. Além das belas atuações técnicas de Nappon e Kalec, o CNB também teve sabedoria tática para vencer o confronto.

Na mid lane, a equipe derrubou o inibidor e, enquanto Rafael "SoulSilver" Lanna corria para o top para tentar (em vão) levar o inibidor, atacou as torres do Nexus. O plano do Dex não deu certo e SoulSilver teve que retornar para defender a base. Com ajuda do Solo Top Aoshi tankando todos os adversários, o CNB teve êxito na missão de derrubar o Nexus.

Depois de um jogo tão tenso, o alívio pela vitória ficou estampado no rosto de Lucas "Electro" Dal Prá, assim como a felicidade pelo triunfo transpareceu na vibração de Nappon.

Neste domingo (18), é a vez de KaBuM.Black x Jayob e-Sports e KaBuM x INTZ


Veja também:


Tags: League of legends, pain gaming, cnb hyperx, cblol, dexterity