Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Malásia reconhece e-sport como esporte legítimo e cria comissão

Malásia reconhece e-sport como esporte legítimo e cria comissão

Os e-sports continuam conquistando espaço cada vez maior nos países asiáticos. A Malásia, que tem um dos cenários competitivos mais desenvolvidos do Sudeste asiático, decidiu reconhecer os esportes eletrônicos como um esporte legítimo.

A decisão é tão séria que o governo malaio anunciou a criação de uma comissão exclusiva - o e-Sports Malasya (eSM) - para cuidar dos assuntos relacionados a e-sports. O lançamento será nesta quarta-feira (28), em uma solenidade dentro do Dewan Perdana FELDA, um dos principais centros de eventos daquele país, na capital Kuala Lumpur.

Registrado na Comissão de Esportes da Malásia, o eSM terá, entre outras metas, o objetivo de proteger os interesses dos cyber-atletas e equipes locais, além de ajudar na organização e desenvolvimento da indústria profissional gamer.

orange-esports-dota2-valve-software
Orange E-sports levou o nome da Malásia ao conhecimento do cenário internacional (Foto: Valve)

Os e-sports ganharam grande reconhecimento na Malásia a partir da ótima campanha feita pelo antigo Orange E-sports no The International 2013, o Campeonato Mundial de DotA 2, em que a equipe conquistou a 3ª colocação.

O ano seguinte foi bastante turbulento para o cenário malaio, principalmente por conta do escândalo de manipulação de resultados envolvendo o Arrow Gaming, que acabou culminando na dissolução do time. Foi então que o governo local viu a necessidade de criar uma instituição para cuidar dos esportes eletrônincos no país.


Veja também:


Tags: malásia, e-sports, esporte eletrônico