Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • FalleN e companhia deixam a KaBuM e negociam com o Keyd

FalleN e companhia deixam a KaBuM e negociam com o Keyd

A KaBuM anunciou, na noite desta segunda-feira (23), a saída da equipe de Counter-Strike Global Offensive, comandada pelo astro Gabriel "FalleN" Toledo. O time está negociando com o Keyd Stars, conforme apurou o MyCNB.

O contrato com a equipe, que durava desde maio de 2014, terminou em meio a polêmica sobre o modelo de patrocínio da KaBuM. O time participou de um classificatório na Polônia para a ESL One Katowice, um dos mais importantes campeonatos de CS:GO do ano, com a ajuda de doações das comunidades brasileira e internacional. O pedido de ajuda da equipe provocou críticas à organização.

kabum.td-foto-mlg
Equipe de Counter-Strike Global Offensive não faz mais parte da KaBuM (Foto: MLG)

No comunicado em que anunciou a saída de FalleN e companhia, a KaBuM buscou se defender das acusações de parte da comunidade com um longo texto em que narrou a trajetória do projeto e as difíceis negociações com o time.

De acordo com a empresa, FalleN pediu revisão do contrato de patrocínio após o classificatório da ESL One Katowice, afirmando que o valor anteriormente acordado não seria suficiente para cobrir os gastos com os campeonatos que a equipe desejava participar. A KaBuM retrucou e alegou que o montante pago pela companhia e pelo Target Down, parceiro no projeto, era suficiente. Mas o capitão disse que não havia recebido "nenhum centavo" do TD, que também dá nome ao time, e por isso queria que a KaBuM arcasse com a diferença.

"FalleN também informou que os jogadores da equipe já estavam em busca de outro patrocinador caso não aceitássemos custear o valor mensal não recebido pela outra organização. Mas, novamente para nosso espanto, não apenas para substituir a Target Down e sim para substituir o KaBuM! e-Sports, que fielmente cumpria todas as cláusulas firmadas no contrato e todos os pagamentos realizados integralmente e em dia", escreveu a organização no Facebook.

A KaBuM disse que continuará investindo no cenário competitivo de First Person Shooter (FPS) e prometeu anunciar novidades do projeto "em breve". O MyCNB tentou contato com FalleN, mas não obteve resposta.

Depois do pronunciamento da KaBuM, Caio "zqk" Fonseca também usou as redes sociais para defender o Target Down. Ele disse que um dos motivos para a parceria do TD com a KaBuM não ter dado certo foi a "imensa dificuldade de contato" com a organização e ressaltou que o Target Down sempre se comprometeu a fazer a parte que lhe cabia, inclusive oferecendo apoio para a viagem à Polônia, algo que não era viável à KaBuM. "O que é extremamente compreensível, afinal, não era algo planejado", escreveu, antes de agradecer a oportunidade de jogar pela KaBuM.

kabum-td-classificatorio-esl-one-katowice-hltv-org
KaBuM.TD passou por classificatório e disputará a ESL One Katowice de CS:GO (Foto: HTLV.org)

Polêmicas

Esta não é a primeira polêmica envolvendo o time de FalleN e a KaBuM. Em setembro de 2014, a equipe deixou a organização por conta própria para buscar outras parcerias, pois havia um descontentamento com o apoio que estava recebendo. Na época, às vésperas da Final Mundial da Electronic Sports World Cup (ESWC), a KaBuM chegou a marcar uma reunião com FalleN para esclarecer as pendências, mas o time estava decidido a sair da organização.

Dez dias depois, em uma nova rodada de negociações, os cyber-atletas decidiram voltar à divisão de FPS da KaBuM com um contrato mais vantajoso, que oferecia equipamentos, custeio de alimentação e viagens para campeonatos fora de São Paulo e remuneração mensal. 

Em novembro, a line-up passou por uma reformulação. Lincoln "fnx" Lau e os irmãos gêmeos Henrique "hen1" Teles e Lucas "lucAs" Teles foram dispensados e deram lugar a três jogadores do ProGaming.TD. Foi nesta época que teve início a parceria com o Target Down.

fallen-kabum-hltvorg
Líder da equipe, FalleN é o responsável por negociar com outra organização (Foto: HLTV.org)

Futuro

O destino do time comandado por FalleN poderá ser o Keyd Stars, que dispensou sua equipe de CrossFire e almeja projetos em modalidades mais populares, como é o caso do Counter-Strike Global Offensive.

O MyCNB apurou que a direção do Keyd tem interesse em contar com a equipe e está negociando com FalleN. Para a contratação ser concretizada, estariam faltando aval de alguns parceiros.

O time é composto por: 

Ricardo "Boltz" Prass
Gabriel "FalleN" Toledo
Fernando "fer" Alvarenga
Lucas "Steel" Lopes 
Caio "zqk" Fonseca


Veja também:


Tags: kabum, fallen, Counter-Strike Global Offensive, kabum.td, counte strike