Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Support do Jayob, Riyev é banido do competitivo por elojob

Support do Jayob, Riyev é banido do competitivo por elojob

O Support do Jayob e-Sports, Marcelo "Riyev" Carrara, foi banido do cenário competitivo de League of Legends por elojob - prática em que o jogador recebe dinheiro para aumentar o nível da conta de terceiros, o que é proibido pelas regras do jogo.

Ele recebeu a notícia na noite dessa segunda-feira (23) e está proibido de disputar competições oficiais, promovidas pela Riot Games Brasil, até fevereiro de 2016, apurou, com exclusividade, o MyCNB.

ryiev-jayob-esports-cblol-2015
Banido por elojob, Riyev não poderá disputar campeonatos da Riot Games por um ano

Os trabalhos com elojob teriam sido realizados no período anterior à entrada dele no Jayob. Há duas semanas, em meio à polêmica sobre a saída do AD Carry Matheus "Theusma" Lima, circularam nas redes sociais fotos de uma conversa de Riyev negociando o serviço com um suposto cliente. 

Na última rodada do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL), o Jayob e-Sports terá que usar outro Support para formar dupla com Renato "The Foxz" Souza, recém contratado. O time, com 1 ponto negativo, não tem mais chances de se classificar para a Fase Eliminatória da competição. 

Procurado pelo MyCNB para comentar o caso, Riyev não quis se pronunciar. Já o Jayob deve emitir um comunicado oficial ainda nesta semana.

Na noite desta terça-feira (24), depois de o MyCNB revelar o ban, a Riot confirmou a punição em um tópico no fórum de League of Legends e disse que o Jayob poderá substituir Riyev sem perder pontos, devendo definir o novo reforço até 24 horas antes da próxima partida da equipe. "Gostaríamos de frisar que levamos as condutas dos jogadores muito a sério. Temos a responsabilidade de manter a qualidade e credibilidade do ambiente competitivo e atitudes que comprometam isso não serão toleradas", escreveu o gerente de e-sports da Riot Games Brasil, Philipe "PH Suman" Monteiro.

Outros casos

A Riot Games Brasil tem apertado o cerco contra os cyber-atletas que fazem ou fizeram elojob desde março do ano passado, quando suspendeu, por um ano, dezenas de jogadores profissionais, muitos deles conhecidos, como Bruno "Brucer" Pereira, André "esA" Pavezzi e Luccas "Zantins" Zanqueta. Em abril, Pedro "Ziriguidun" Ferreira, hoje treinador da KaBuM, e Matheus "Professor" Leirião, antigo coach do INTZ, também foram banidos.

Depois da etapa de São Paulo da Final Regional Brasileira de 2014, em julho, dois cyber-atletas do Ban Karma - Roberto “Beto” Alves e Kaoann “Floky” Martins - receberam a mesma punição, de um ano, pela prática de elojob.


Veja também:


Tags: League of legends, elojob, Riyev, jayob e-sports