Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • g3nerationX é punido por ofensas em duelo contra o Keyd no CBLoL

g3nerationX é punido por ofensas em duelo contra o Keyd no CBLoL

Por conta de ofensas proferidas aos adversários no confronto contra o Keyd Stars, o g3nerationX foi punido pela Riot Games com a perda de um ban por jogo na próxima série do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2015, que será diante o INTZ Red.

Segundo a empresa, a equipe violou o regulamento da competição devido a "comportamento ofensivo". Por isso, recebeu duas advertências ainda durante o duelo antes de ser definida a punição, anunciada nesta segunda-feira (1º).

A Riot não informou quais foram as ofensas, mas o MyCNB presenciu uma delas, quando um cyber-atleta do g3x - que a Reportagem não sabe identificar pela voz - gritou e xingou um jogador do Keyd de "lixo" após vencer uma teamfight.

g3x-semana2-2o-split-cblol-2015-mycnb
g3nerationX ofendeu adversários na 2ª Semana do CBLoL e foi punido pela Riot (Foto: MyCNB)

O confronto entre os dois times ocorreu nesse domingo (31), em clima de muita animosidade. Os jogadores do g3x teriam provocado os adversários na semana que antecedeu o jogo, o que fez com que os cyber-atletas do Keyd entrassem mordidos para as partidas. "Eles falaram algumas coisas que não deviam durante a semana e subiram um pouco 'no salto'. Isso para nós não tem vez. Entramos com muito sangue no olho", admitiu o Mid Laner Murilo "Takeshi" Alves, em entrevista ao MyCNB.

Leia também: Em dia de rivalidade e ânimos exaltados, Keyd Stars derrota o g3nerationX no CBLoL (clique aqui)

No vídeo de apresentação da série, exibido na transmissão, o Jungler do g3x, Lucas "Krow" Rabaça, disse que não seria problema enfrentar Revolta e que o smite era o ponto fraco dele. "Falador passa mal", respondeu Gabriel "Revolta" Henud, do Keyd, ao ser informado pelo MyCNB, após a vitória por 2 a 0 de sua equipe, o que Jungler adversário havia dito.

Dentro de jogo, o Keyd atropelou o g3x na primeira partida, com um early game extremamente agressivo, abusando da composição late game dos rivais. No segundo jogo da série, a equipe comandada por Caio "Loop" Almeida começou melhor, mas deixou o g3x encostar no placar e ter a chance de ficar com a vitória. Foi uma partida equilibradíssima e emocionante. Quando o g3x esteve perto de derrubar o Nexus, comemorou e gritou muito. Os jogadores do Keyd ouviram calados, mas responderam com muita vibração quando conquistaram os 3 pontos.

Procurado para comentar a punição, o diretor do g3nerationX, Alexandre "Gaules" Borba, disse respeitar a decisão da Riot, mas defendeu que casos como esse irão acontecer, uma vez que acredita que o e-sport tem as mesmas características dos esportes convencionais. "Só quem treina no limite e a cada dia tem que se superar sabe que, às vezes, acabamos exaltando nossos ânimos das mais diferentes formas", afirmou. "Somos todos adversários e ali é guerra! Porém, fora daquele ambiente, somos amigos e vamos sempre respeitar a todos".

Ele disse que a equipe irá cumprir o regulamento, mas alfinetou a organização do campeonato. "Entendo que aceitamos cumprir regras e comportamentos e vamos nos esforçar para isso, porém será sempre complicado seguir regras criadas por pessoas que nunca sentiram o que é estar na pele de um jogador profissional. Treinar oito, dez ou até 16 horas por dia, chegar no calor da partida e conseguir se controlar é algo que vem com o tempo", salientou. "No g3x nós nunca iremos incentivar um jogador a ofender o outro, mas cobramos nossos jogadores a serem os mais dedicados e apaixonados possíveis".

Clique aqui para ver a cobertura completa do 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends


Veja também:


Tags: League of legends, Keyd, Keyd Stars, cblol, g3x