Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Em novo local, BGS 2016 terá mais e-sports, promete organizador

Em novo local, BGS 2016 terá mais e-sports, promete organizador

A Brasil Game Show (BGS) de 2016 será realizada em um local diferente e deverá ter novidades para os fãs de esportes eletrônicos. No próximo ano, o evento acontecerá no São Paulo Exhibition & Convention Center, em São Paulo, de 1º a 5 de setembro.

O esporte eletrônico não é o foco da Brasil Game Show, considerada a maior feira de games da América Latina, mas, de acordo com o idealizador da BGS, Marcelo Tavares, o objetivo para a edição de 2016 é dar mais espaço para as modalidades competitivas dentro da Brasil Game Cup (BGC).

"Queremos continuar investindo em e-sports e a gente pretende trabalhar de uma forma muito mais forte no ano que vem, inclusive com planos com algo acontecendo ao longo do ano, principalmente online. Temos planos concretos até para que aconteça uma qualificatória para os times chegaram até a Brasil Game Show para uma etapa final da Brasil Game Cup", explicou Marcelo, em entrevista coletiva.

marcelo-bgs2015-mycnb
Organizador da BGS, Marcelo Tavares deu entrevista após fim da edição 2015 (Foto: MyCNB)

Nas duas edições da Brasil Game Cup, o único jogo em disputa foi o DotA 2. Tanto no ano passado como neste ano, o time do paiN Gaming sagrou-se campeão. Segundo Marcelo, a ideia é incluir outras modalidades no evento.

"No início do ano já queremos revelar uma novidade voltada para o e-sport. Aí sim vamos ter um calendário maior, também um fomento maior no segmento de e-sports no modo geral e um suporte maior para essa comunidade que tem crescido muito", prometeu Marcelo. O número de espectadores na área do DotA 2 aumentou significativamente de 2014 para 2015.

Neste ano, além da BGC de DotA 2, a Brasil Game Show recebeu a etapa brasileira do Capcom Pro Tour, torneio que premiou o campeão com uma vaga na Capcom Cup, o Campeonato Mundial de Street Fighter.

Em 2013, a BGS foi palco do primeiro Desafio Internacional de League of Legends, vencido pelo CNB e-Sports Club, que derrotou o paiN na Grande Final. Desde então, a feira não recebeu nenhum outro campeonato da modalidade.

Crescimento

De acordo com Marcelo, com a mudança para o São Paulo Exhibition & Convention Center, haverá mais espaço para o público e para as empresas montarem os estandes, já que o centro de convenções (antigamente chamado de Centro de Exposições Imigrantes), está sendo ampliado. Serão construídos, até o ano que vem, 60 mil m² de áreas de exposição e de convenções. Os 40 mil m² já existentes passam por reforma.

Outro ponto considerado pela organização da BGS é a proximidade do São Paulo Expo com o Aeroporto de Congonhas, o Rodoanel Mario Covas e a estação de metrô do Jabaquara.

No novo espaço, os produtores independentes terão mais oportunidades. Em 2016, a área indie deverá contar com cerca de 70 estandes. Neste ano, foram 36 e, em 2014, sete.

Haverá quatro entradas para o público, o dobro da edição de 2015, e os corredores serão mais largos, o que facilitará a circulação dos visitantes e a visualização dos estandes.

Já a antecipação da data para setembro é motivada pela oportunidade de contar com mais jogos ainda não lançados mundialmente, conforme explicou o organizador da BGS ao site IGN Brasil.



Veja também:


Tags: dota 2, brasil game show, brasil game cup, e-sports, bgs2015, marcelo tavares