Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Retrospectiva 2015: confira as dez matérias mais acessadas do ano

Retrospectiva 2015: confira as dez matérias mais acessadas do ano

Acompanhando o dia a dia dos cenários competitivos brasileiro e internacional de esportes eletrônicos, o MyCNB publicou centenas de matérias em 2015. Com o fim de ano se aproximando, vamos mostrar quais foram as dez matérias mais lidas durante a temporada e, assim, relembrar alguns dos principais acontecimentos no mundo do League of Legends.

Confira:

10º - Depois de nova frustração, Takeshi mantém sonho, mas não descarta aposentadoria
Depois de mais uma vez não conquistar o título do Campeonato Brasileiro (CBLoL), o Mid Laner Murilo "Takeshi" Alves deu entrevista ao MyCNB para falar sobre a carreira e a perspectiva de aposentadoria.

9º - Support do Jayob, Riyev é banido do competitivo por elojob
O Support do Jayob e-Sports, Marcelo "Riyev" Carrara, foi banido do cenário competitivo de League of Legends por elojob em fevereiro, sendo suspenso dos campeonatos oficiais até fevereiro de 2016.

8º - Quatro meses após contratação, coreanos estão de saída do Keyd
Poucos dias depois da derrota para o INTZ na Grande Final do 1º Split do CBLoL 2015, os sul-coreanos Kang "Daydream" Kyung-min (Jungler) e Kim "Emperor" Jin-hyun (AD Carry) saíram do Keyd Stars, em abril, em meio a um clima ruim por conta da maneira negativa dos jogadores de reagir às derrotas. A notícia foi publicada em primeira mão pelo MyCNB.

emperor-daydream-keyd-stars-premiacao-cblol-2015-florianopolis
Emperor (esq.) e DayDream deixaram o Keyd após vice no CBLoL 2015 (Foto: MyCNB)

7º - Mylon explica saída do Keyd Stars e faz críticas a sul-coreanos
Em entrevista exclusiva ao MyCNB, em maio, o Solo Top Matheus "Mylon" Borges explicou a decisão de se transferir para o paiN Gaming depois de dois anos e três meses defendendo o Keyd Stars. Ele ainda fez críticas aos sul-coreanos DayDream e Emperor, com quem atuou no Keyd.  

6º - Ex-jogadores de LoL contam o que estão fazendo após aposentadoria
Ex-cyber-atletas brasileiros que tiveram passagens por equipes de destaque no cenário nacional contaram o que estão fazendo hoje em dia, depois da aposentadoria. Fábio "Venon" Guimarães e Raphael "Haelz" Nether estavam entre os entrevistados. A matéria teve tanto sucesso que o MyCNB fez uma segunda parte com outros jogadores aposentados.

5º - No auge, Revolta deixa o INTZ e acerta retorno ao Keyd Stars
Campeão do 1º Split do CBLoL 2015 e no topo de sua forma, o Jungler Gabriel "Revolta" Henud surpreendeu ao deixar o INTZ para voltar ao Keyd Stars, em maio. Foi uma mudança que provocou muitas discussões e causou polêmica.

Leia também: Com Mundial, paiN lidera ranking de faturamento com prêmios em 2015 (clique aqui)
Leia também: Relembre os fatos mais marcantes do League of Legends brasileiro em 2015 (clique aqui)

4º - Faker "quebra" o meta e surpreende com picks inusitados na LCK
Em junho, escolhas inusitadas do Mid Laner sul-coreano Lee "Faker" Sang-hyeok, do SK Telecom T1, o colocaram novamente nos holofotes. Na liga profissional da Coreia do Sul, a LCK, Faker surpreendeu e teve ótimas atuações com Master Yi e Irelia na mid lane. Coisas que só o mais importante cyber-atleta do mundo é capaz de fazer.

3º - Depois de quatro meses, Loop deixa INTZ para acertar com paiN Gaming
No início de dezembro, o Support Caio "Loop" Almeida acertou sua saída do INTZ, para o qual havia entrado quatro meses antes, para se transferir para o paiN Gaming, campeão brasileiro de 2015. Estava tudo certo quando o MyCNB publicou a matéria que movimentou a comunidade durante quase duas semanas. O negócio acabou frustrado pela interferência da Riot Games Brasil, que puniu o paiN por desrespeitar a política antialiciamento.

2º - Revolta e Loop deixam o Keyd Stars e acertam ida para o INTZ
Reveladas com exclusividade pelo MyCNB, as transferências de Revolta e Loop para o INTZ, em agosto, surpreenderam a comunidade. Primeiro porque Revolta havia deixado o INTZ para acertar justamente com o Keyd Stars, quando estava no auge da carreira. E segundo porque Loop defendia o Keyd há quase três anos. Era um ícone da equipe.

1º - Conheça Revy, a primeira mulher inscrita no Campeonato Brasileiro
Mesmo com muitas polêmicas e transferências que deram o que falar no League of Legends brasileiro, a matéria sobre Geovana "Revy" Moda, a primeira mulher inscrita no Campeonato Brasileiro, teve a maior audiência do MyCNB em 2015. Ela entrou como reserva de Martin "Espeon" Gonçalves na KaBuM.Black, ainda dividindo o jogo com a faculdade de Psicologia, mas já vislumbrando se dedicar integralmente à carreira de cyber-atleta.

revy-cblol-2015-mycnb
Revy foi a primeira mulher a ser inscrita no Campeonato Brasileiro de LoL (Foto: MyCNB)


Veja também:


Tags: League of legends, retrospectiva 2015