Siga o MyCNB  


  • Menu
  • Notícias
  • ELEAGUE não punirá SK por suposto aliciamento a brasileiros

ELEAGUE não punirá SK por suposto aliciamento a brasileiros

Protagonistas de uma das maiores polêmicas da história do cenário competitivo de Counter-Strike Global Offensive, Luminosity Gaming e SK Gaming não serão punidos na ELEAGUE, informou o comissário da milionária liga, Min-Sik Ko, no Twitter.

No fim de maio, a ESPN revelou que os cyber-atletas brasileiros que representam o Luminosity haviam assinado contrato com o SK, mas que, depois, desistiram da transferência e decidiram permanecer na atual organização. O imbróglio pode ir parar na Justiça.

O dono do Luminosity, Steve Maida, acusou o diretor do SK Gaming, Alex Müller, de aliciamento, porque os jogadores teriam sido pressionados e influenciados a assinar o contrato com a organização alemã, o que estava sendo investigado pelo comitê organizador da ELEAGUE. Segundo a ESPN, o SK poderia receber penalidades.

Pelo regulamento, os donos das equipes podem apresentar queixa formal à organização da competição para denunciar ilegalidades que possam prejudicar a imagem da ELEAGUE.

Tanto o Luminosity como o SK, atualmente representado por dinamarqueses, participam da 1ª temporada do campeonato. O time brasileiro já está classificado para a Fase Eliminatória, após vencer o Grupo A. Já o SK está no Grupo C, que ainda não teve jogos realizados, ao lado de Astralis, da Dinamarca, Counter Logic Gaming (CLG) e NRG eSports, ambos da América do Norte.

Leia também: FalleN revela racha na equipe e lamenta contrato com SK: "Maior erro" (clique aqui)

sk-gaming-cevo-s9-hltv-org
SK Gaming hoje é representado por cyber-atletas da Dinamarca (Foto: HLTV.org)

"Não há planos de aplicar sanções a nenhum dos dois times. Nós esperamos o SK para competir na 3ª Semana e o Luminosity retornar para os Playoffs", escreveu o comissário Min-Sik Ko no Twitter.

Com premiação total de US$ 1,4 milhão e participação de 24 times, a ELEAGUE é promovida pela Turner, uma das empresas de mídia mais importantes dos Estados Unidos, em parceria com a agência WME | IMG. O canal de televisão norte-americano TBS, da companhia, transmite os jogos decisivos, inclusive a Grande Final, no dia 30 de julho. No Brasil, o Esporte Interativo, também da Turner, é a emissora oficial.

Leia também: Conheça os casters do Esporte Interativo que estão brilhando no Counter-Strike (clique aqui)


Veja também:


Tags: csgo, sk gaming, Counter-Strike Global Offensive, luminosity gaming, eleague