Siga o MyCNB  


  • Menu
  • Notícias
  • Luminosity confirma transferência de brasileiros para o SK Gaming

Luminosity confirma transferência de brasileiros para o SK Gaming

Depois de toda polêmica, os brasileiros do Luminosity Gaming irão mesmo para o time de Counter-Strike Global Offensive do SK Gaming. O anúncio oficial foi feito pela atual organização nesta sexta-feira (24). O time continuará morando nos Estados Unidos.

O contrato com o SK, assinado antes do MLG Columbus, torneio vencido pelo Luminosity, entra em vigor em 1º de julho. O primeiro campeonato dos brasileiros com a nova organização será a ESL One Cologne, de 5 a 10 de julho.

Apesar de o SK ser uma organização da Alemanha, os brasileiros continuarão atuando nos Estados Unidos. A nova gaming house será em Los Angeles e não mais em Lancaster. O time já está morando na nova casa.

A "novela" começou em maio, quando a ESPN revelou que os jogadores brasileiros assinaram contrato com o SK, mesmo tendo uma carta de intenção para renovação do vínculo com o LG. Depois, os cyber-atletas voltaram atrás e não queriam mais mudar de organização, o que gerou polêmica.

fallen-luminosity-dreamhack-malmo-hltv-orgBrasileiros defenderão organização europeia a partir de julho (Foto: HLTV.org)

Na época, de acordo com a publicação da ESPN, o advogado do SK, Konstantin Ewald, ameaçou processar os brasileiros caso eles não cumprissem com o contrato.

Após a revelação do caso, Gabriel "FalleN" Toledo se pronunciou e disse ter sido contra a transferência, revelando um racha entre os jogadores, e avaliou que a assinatura do contrato foi "o maior erro da vida" deles.

No comunicado, veiculado pelo site The Daily Dot, FalleN disse que recebeu e-mail do diretor do SK Gaming, Alex Müller, em 3 de fevereiro deste ano, com interesse na contratação da equipe brasileira, e que falou ao executivo para entrar em contato com o diretor do Luminosity, Steve Maida.

Entretanto, a negociação acabou indo para a frente porque os outros jogadores da equipe se interessaram pela proposta. "Eu não queria ser o cara que não deixaria os meus companheiros de time buscarem mais informações ou oportunidades. Por outro lado, eu sabia que eles não deviam fazer aquilo porque nós tínhamos acabado de assinar e aceitar, semanas antes, um novo contrato com o LG".

No comunicado desta sexta-feira, publicado no site do LG, FalleN reconheceu que cometeu erros durante as negociações. "Eu deixei que as emoções tomassem parte em decisões de negócios e isso é algo que lamento, certamente levarei como experiência de aprendizagem para o resto da minha vida".

"Eu gostaria de agradecer a Steve [diretor do Luminosity] por tudo que fez por nós, e todo o apoio no ano passado. Também gostaria de agradecer a LG e SK por trabalharem juntas e lidarem com esta difícil situação de uma forma muito profissional. Estamos muito animados para ver o que vem a seguir e vamos, com certeza, continuar fazendo o que mais amamos: trabalhar duro e jogar Counter-Strike. Obrigado também a todos os nossos grandes fãs, que esperamos que continuem apoiando a gente, o Luminosity e SK no futuro", agradeceu FalleN.

Os jogadores estão em Londres, disputando a Final Mundial da 1ª temporada da Esports Championship Series (ECS). Clique aqui para ver a cobertura completa.

O time que representará o SK a partir de julho é composto por:

Marcelo "coldzera" David
Gabriel "FalleN" Toledo
Fernando "fer" Alvarenga
Lincoln "fnx" Lau
Epitácio "TACO" Pessoa

Wilton "zews" Prado (treinador)


Veja também:


Tags: csgo, sk gaming, luminosity gaming