Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • paiN Gaming contrata Matsukaze para equipe de League of Legends

paiN Gaming contrata Matsukaze para equipe de League of Legends

O paiN Gaming contará com mais um AD Carry na equipe para o 1º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2017. Pedro "Matsukaze" Gama, ex-KaBuM, é o novo contratado da organização, conforme apurou o MyCNB. A organização nega e diz que o cyber-atleta está passando por testes.

Matsukaze estava sem equipe desde julho passado, quando a KaBuM decidiu encerrar a line-up de League of Legends. O AD Carry defendeu a empresa de Limeira desde janeiro de 2015, quando ingressou na KaBuM.Black. Já na temporada deste ano, vestiu a camisa da KaBuM.

matsukaze-kabum-cblol2016-2split-riotgamesMatsukaze é um dos novos integrantes do time de LoL do paiN Gaming (Foto: Riot Games)

O jogador chega para compor o elenco "recheado" que o paiN Gaming está montando. Durante a final do 2º Split do CBLoL 2016, entre INTZ e CNB e-Sports Club, o treinador Gabriel "MiT" Souza revelou a intenção de montar um plantel com dez jogadores, sendo um reserva para cada posição.

Em uma stream nesta segunda-feira (15), o próprio treinador reforçou as informações obtidas pela Reportagem. Quando tirava dúvidas sobre o novo campeão, Kled, MiT confirmou o nome do jogador. "O 'E' é só montado, o 'W' é só desmontado, não é isso Matsu?". Em seguida, o Mid Laner Gabriel "Kami" Santos, que está em cena, mostra surpresa e percebe que o coach mencionou, sem querer, o nome do novo contratado, ainda não anunciado oficialmente pela organização.

Esta é a segunda contratação do paiN depois do fim da temporada 2016. A primeira foi a do Mid Laner Rafael "Rakin" Knitel, ex-Big Gods, divulgada durante a transmissão da Grande Final do CBLoL 2016.

Não há informações sobre Rodrigo "TaeYeon" Panisa e Felipe "brTT" Gonçalves, os AD Carries do paiN na última edição do Campeonato Brasileiro.

Outro lado

Horas depois da publicação da matéria do MyCNB, o paiN anunciou que Matsukaze está fazendo testes, inciados neste mês e que seguirão até dezembro. "Nós fomos contatados pelo Matsukaze e resolvemos abrir as portas da gaming house", disse o dono do paiN, Arthur "Paada" Zarzur, em comunicado. "O jogador tem visitado a GH e interagido com os nossos atletas desde o início de agosto e, pelos próximos quatro meses, ficará em tryout".

O diretor de marketing da organização, Beto Vides, acrescentou: "Ao final do tryout e, com a abertura do período destinado à janela de transferências, o jogador poderá ser incorporado ao time".


Veja também:


Tags: pain gaming, Matsukaze, rakin, cblol 2016