Siga o MyCNB  


  • Menu
  • Notícias
  • Na reserva há um mês, Baiano não irá a bootcamp do Keyd na Coreia

Na reserva há um mês, Baiano não irá a bootcamp do Keyd na Coreia

O Support Gustavo "Baiano" Gomes não irá ao bootcamp que o time de League of Legends do Keyd Stars fará na Coreia do Sul a partir de setembro. Um cyber-atleta estrangeiro poderá ser o companheiro de André "esA" Pavezi na bot lane.

Conforme apurou o MyCNB, Baiano já não faz mais parte da line-up titular há mais de um mês por conta da "convivência difícil dentro da gaming house" e problemas de saúde, segundo uma fonte próxima à equipe. Ele continua com contrato vigente, está na reserva e pode ser negociado.

"Durante o 2º Split [do CBLoL] eu acabei tendo problemas de saúde que atrapalhavam bastante o meu dia a dia, principalmente em relação ao sono, e talvez isso tenha me mudado bastante. Não sei bem se o estresse causou isso ou isso causou o estresse, mas praticamente ao longo do 2º Split eu passava uma semana doente (resfriado, gripado, garganta doendo muito) e três dias bem. Com isso, eu comecei a ter muitos problemas para dormir. Tinha dias que treinava praticamente virado, com dor de cabeça. Remédios para gripe me deixam muito sonolento nos treinos. Tudo isso foi se acumulando até o momento que eu mesmo reconheci que estava fora do meu normal, tanto fisicamente como mentalmente", comentou Baiano, que está em casa, no Recife, cuidando da saúde, com exclusividade ao MyCNB.

baiano-olhado-esa-keyd-cblol-2016-2o-split
Baiano (dir.) não acompanhará equipe em bootcamp na Coreia (Foto: Riot Games)

Desde que Baiano perdeu a titularidade, o Keyd tem utilizado Marcelo "Riyev" Carrara, inscrito como reserva no 2º Split do Campeonato Brasileiro (CBLoL) 2016, nos treinamentos. Mas ainda não há confirmação oficial da presença dele no período de treinamento na Coreia do Sul.

Conforme o relato da fonte, a equipe deverá contar com um Support estrangeiro, provavelmente sul-coreano. Mas esta não seria a única novidade do time, que anunciaria ainda a contratação de outro cyber-atleta do exterior.

Procurado pela Reportagem, o diretor de desenvolvimento de negócios do Keyd Stars, Hugo Tristão, disse que, quando tivesse algo de concreto, passaria via release à imprensa.

O Keyd anunciou na semana passada que fará um bootcamp de três meses, começando em meados de setembro, no país que é considerado a referência no League of Legends mundial. Será a primeira vez que uma equipe brasileira irá treinar na Coreia do Sul.


Veja também:


Tags: League of legends, Keyd Stars, baiano