Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • element anuncia aposentadoria e encerra carreira de quatro anos

element anuncia aposentadoria e encerra carreira de quatro anos

O Solo Top Arlindo "element" Neto anunciou nessa quarta-feira (14) sua aposentadoria do cenário competitivo de League of Legends. Ele estava no Kaos Latin Gamers (KLG), do Chile.

Com carreira iniciada em 2012 e passagens por importantes equipes do cenário nacional, element havia deixado seu futuro em aberto após a campanha ruim do KLG no International Wildcard Qualifier (IWCQ), cuja primeira fase aconteceu em São Paulo, no fim do mês passado. Em entrevista ao MyCNB, depois da campanha de seis derrotas em sete partidas, o cyber-atleta disse que não sabia se continuaria jogando.

element-wildcard-2016-sp-riot-games
Depois do Wildcard pelo KLG, element decidiu se aposentar do LoL (Foto: Riot Games)

No comunicado em que anunciou sua aposentadoria, no Facebook, o Solo Top contou ter sentido um "desânimo absurdo" quando a KaBuM.Black, a qual representou de maio a dezembro do ano passado, perdeu a vaga no Campeonato Brasileiro (CBLoL) por não ter sido vendida a tempo. "Eu pensei em voltar a estudar e parar de jogar, mas, como eu ainda amava jogar esse jogo, eu continuei e apenas fui empurrando com a barriga", relembrou.

Neste ano, element começou a temporada jogando o Circuito Desafiante pelo Estúdio XP, em um time liderado pelo Support Martin "Espeon" Gonçalves, mas, em meio à disputa da competição, por conta da separação da organização, teve de voltar para casa, onde não tinha computador e internet bons para competir. Foi mais um baque na carreira dele. "Eu já estava decidido a parar e voltar a estudar pelas condições que estava enfrentando, até que o Luís (Piroxz) me chamou para jogar na KLG com uma oferta salarial bem agradável para quem estava jogando Challenger Series/querendo parar".

Ele acertou sua entrada para o chileno KLG, junto com o AD Carry brasileiro Renato "TheFoxz" Souza, no início de maio, conforme revelou o MyCNB com exclusividade na época. Os salários que a dupla receberia seriam maiores do que os do Brasil.

element-kabum-black-cblol-2015-2o-split-mycnb
Jogador contou ter ficado decepcionado com fim da KaBuM.Black (Foto: MyCNB)

Com os dois e outros três brasileiros na comissão técnica, o Kaos Latin Gamers venceu a Copa Latino-americana Clausura Sul 2016 e se classificou para o Wildcard, onde a equipe teve desempenho ruim, com a segunda pior campanha entre oito participantes.

"Agora que acabou o Split, eu já tomei o meu tempo para refletir nas coisas e eu já tenho certeza que eu não quero mais ser jogador profissional, não tenho mais o mesmo ânimo de antes e não tenho a mesma vontade como jogador. Eu estou parando de jogar para voltar a me dedicar aos estudos. Eu ainda pretendo trabalhar na área, mas confesso que não tenho muitas ideias no momento, só não quero ser jogador mais", escreveu element no Facebook.

element-cabeca-pb-riot-games
Com anúncio, element encerra carreira de quatro anos no LoL (Foto: Riot Games)

Assim, o Solo Top põe fim a uma carreira de quatro anos, com passagens por RMA e-Sports, Team AWP, CNB e-Sports Club, Jayob e-Sports, KaBuM.Black, Estúdio XP e Kaos Latin Gamers. Ele não conquistou títulos de torneios de expressão no Brasil. "No fim de tudo, eu tive os melhores quatro anos da minha vida jogando, eu conheci pessoas sensacionais e fiz grandes amizades. Sei que minha carreira profissional não foi das melhores, porém me diverti bastante".

Com a saída de element, o KLG passa a ter só três membros na line-up titular, já que o Jungler chileno Julio "Juliostito" Alejandro Berrios deixou a organização nesta semana. Os remanescentes são: Joaquín "Plugo" Pérez (Mid Laner), TheFoxz (AD Carry) e Manuel "BearJew" Parrochia (Support).


Veja também:


Tags: League of legends, element, kaos latin gamers