Siga o MyCNB  


  • Menu
  • Notícias
  • Remo Brave vence CFEL e avança para o Mundial de CrossFire

Remo Brave vence CFEL e avança para o Mundial de CrossFire

O Remo Brave conquistou o título do 2º Split do CrossFire Elite League (CFEL) e será o representante brasileiro no CrossFire Stars 2016, o Campeonato Mundial da modalidade, que acontecerá em Suzhou, na China, de 2 a 4 de dezembro.

Na disputa que valia a classificação para o torneio internacional, nesse sábado (8), Alécio "v1nni" Vinicius e companhia venceram o INTZ, campeão do 1º Split da competição, por 3 a 0. A Fase Eliminatória do CFEL aconteceu na arena MAX5, em São Paulo, que bateu recorde de público com 1.300 espectadores. Clique aqui para ver a cobertura completa.

brave-2split-cfel-mycnb
Campeão brasileiro, Remo Brave irá à China para o CrossFire Stars 2016 (Foto: MyCNB)

Foi a segunda vez em que o Brave derrotou o INTZ em uma decisão neste ano. A primeira foi na seletiva para o CrossFire Invitational Manila 2016, campeonato internacional que será realizado nos próximos dias 15 e 16 de outubro, nas Filipinas.

Depois de uma campanha modesta na 1ª Fase do CFEL, com três vitórias, cinco empates e duas derrotas, o Remo Brave travou um duelo acirrado contra o Operation Kino, líder da Fase de Classificação, na Semifinal: vitória do Brave por 2 a 1. Na outra Semifinal, o INTZ passou pelo Rude Game pelo mesmo placar. Já na Grande Final, os "leões azuis" não tiveram dificuldade em fazer 3 a 0.

"Eu sabia que ia ser fácil pelos jogos que a gente teve contra eles na internet e no jogo valendo a vaga para Manila. Eu não encontrei nenhuma dificuldade, tanto que eu falei para os garotos que a final antecipada ia ser contra a OPK e foi isso, saiu tudo como eu imaginava", contou João Paulo "j0w" Tristão ao MyCNB.

Será a primeira vez que todos os integrantes viajarão para competir no exterior. "Eu estou muito feliz, estou sem palavra. Estou tentando entender o que está acontecendo, porque eu nunca consegui [representar o Brasil em um torneio internacional] e, quando consigo, são dois de uma vez, é um sentimento... Tenho nem palavras para descrever", disse, muito emocionado, o capitão v1nni.

Com apenas um ano no competitivo, Yuri "green" Barbosa não quer ir para os torneios para ser coadjuvante. "Eu falei pra o Felpy, o narrador, que eu vou fazer história e pode anotar. Vamos para ganhar os dois, tanto nas Filipinas quanto na China".

Remo Brave

Alécio "v1nni" Vinicius
Matheus "math" Matias
Yuri "green" Barbosa
Deivison "ryuzao" Silva
João Paulo "j0w" Tristão


Veja também:


Tags: crossfire, remo, cfel