Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • "O real motivo da saída do fnx vai ser preservado", diz TACO

"O real motivo da saída do fnx vai ser preservado", diz TACO

O real motivo que levou à dispensa de Lincoln "fnx" Lau da equipe de Counter-Strike Global Offensive do SK Gaming não será relevado, disse Epitácio "TACO" Pessoa em publicação no Facebook nessa segunda-feira (5), depois de a ida do companheiro para a reserva ter sido anunciada.

Apesar de não explicar a decisão, TACO deixou claro que a saída foi motivada por problemas fora do jogo. "Jamais tomaríamos qualquer decisão baseada em desempenho in-game. Todos têm momentos bons e ruins. Eu tive vários, inclusive, e nunca sequer foi cogitada minha saída", escreveu, em resposta ao comentário de um torcedor que pediu explicação sobre o caso de fnx.

Oficialmente, o SK fez um pronunciamento genérico, dizendo que "as diferentes opiniões dentro do time sobre como desenvolver nossa abordagem em relação ao jogo cresceram ao longo do tempo" e culminaram na decisão.

O capitão do SK, Gabriel "FalleN" Toledo, também se pronunciou no comunicado. "Uma equipe vive de bons e maus momentos, durante os quais você precisa de motivação especial, trabalho duro e comprometimento total para voltar para onde você quer estar. Todo mundo, inclusive Lincoln, tentou muito, nos últimos meses, consertar essa situação, mas sentimos que uma mudança era necessária para nos desenvolvermos como time".

No post do Facebook, TACO completou: "O real motivo da saída do fnx vai ser preservado em respeito ao time e ao próprio fênix. O que acontece internamente vai ser mantido internamente".

fnx-esl-pro-league-4-brasil-hltv-org
Fnx acabou colocado na reserva depois de um ano na equipe brasileira (Foto: HLTV.org)

Fnx estava na equipe brasileira que mora nos Estados Unidos desde 24 de novembro de 2015, quando o time ainda representava o Luminosity Gaming. De lá para cá, os brasileiros conquistaram títulos de dois majors - como são chamados os torneios com apoio da Valve, desenvolvedora do jogo - e de outros campeonatos importantes do cenário internacional. Quando não venceram, sempre apareceram nas primeiras colocações.

Entretanto, a equipe não teve mais conquistas desde a ESL One Cologne 2016, em julho. Já são cinco meses de "seca" e eliminações incômodas nas fases decisivas de torneios.

O substituto, pelo menos nos dois próximos campeonatos, será Ricardo "fox" Pacheco, maior estrela da história do Counter-Strike de Portugal. Ele estava sem time desde que deixou o FaZe Clan, da Europa, para dar lugar ao finlandês Aleksi "allu" Jalli, em agosto. Com fox, o SK jogará as finais da Esports Championship Series (ECS), entre os próximos dias 9 e 11, e o próximo major de CS:GO, a ser promovido pela ELEAGUE em janeiro.


Veja também:


Tags: csgo, fnx, Counter-Strike Global Offensive, taco