Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Depois de dois anos, Djokovic deixa o CNB e acerta com o Keyd

Depois de dois anos, Djokovic deixa o CNB e acerta com o Keyd

O Keyd Stars anunciou nesta quinta-feira (8) a contratação de Thiago "Djokovic" Maia, que estava no CNB e-Sports Club, para ser o treinador-chefe do time de League of Legends no Campeonato Brasileiro (CBLoL) de 2017. Lorenzo Jung será o treinador estratégico.

"Embora não tenha ficado público antes do anúncio da entrada [no Keyd], há alguns dias eu deixei o posto de analista no CNB. Não me adaptei bem na função e provavelmente não participaria do campeonato neste 1º Split", disse o treinador ao MyCNB. "A proposta da Keyd veio depois, não para analista, mas para head coach, em um modelo que fazia muito sentido com meu momento de vida".

De acordo com o diretor do CNB Cleber "Fuzi" Fonseca, Djokovic procurou a direção do clube para pedir desligamento na terça-feira (6). "Ficamos surpresos. Estávamos contando com ele, mas apoiamos a decisão. O Djoko fez um belo trabalho no CNB e só temos a agradecer". 

Djokovic chegou ao CNB em dezembro de 2014, depois de encerrar a carreira como jogador no INTZ. Ele conquistou, como técnico dos blumers, dois 5º lugares nos dois Splits do CBLoL de 2015, passou sufoco no 1º Split deste ano, tendo que jogar o confronto do rebaixamento para se manter na elite, e depois chegou ao vice do 2º Split. Por conta da faculdade de Medicina, que cursa em Juiz de Fora (MG), deixou o cargo de treinador para ser analista dos blumers. Hugo "Galfi" Augusto assumiu o posto.

djoko-pbo-cnb-semifinal-cblol2016-riot
Depois de dois anos, Djokovic se despediu do CNB e terá nova "casa" em 2017 (Foto: MyCNB)

O último trabalho de Djokovic com o CNB foi na XLG Super Cup 2016, torneio cujas finais aconteceram na Comic Con Experience, em São Paulo. Os blumers ficaram com o 2º lugar ao perderem para o paiN Gaming na decisão. Clique aqui para ver a cobertura completa.

Questionado sobre a divisão de trabalho entre as funções de treinador-chefe e treinador estratégico, Djokovic respondeu: "Vamos operar com o modelo coreano, em que você tem um strategic coach, que é o que as pessoas estão acostumadas de estar o tempo inteiro com o time, e o head coach, que tem uma visão 360º para nortear todo direcionamento de treinos da equipe. Sempre que possível vou estar junto com a equipe para coordená-la da melhor maneira possível".

VOTE NO MYCNB AWARDS 2016 - CLIQUE AQUI

Djokovic não viverá na gaming house do time, em São Paulo, e fará um trabalho à distância, comandando a comissão técnica, que também será composta por Lorenzo Jung, que trabalhou como analista do INTZ, junto com o Solo Top Felipe "Yang" Zhao e o Jungler Gabriel "Revolta" Henud. Jung é quem ficará com os jogadores durante os picks e bans no estúdio da Riot Games, onde acontecem os jogos do CBLoL.

"Djoko e Lorenzo trazem experiências diferentes à nossa comissão, que precisará gerenciar e impulsionar o crescimento de cinco atletas com vasta experiência. Ambos se completam de forma perfeita para as necessidades que enxergamos para curto, médio e longo prazos. Esperamos que ambos liderem nossa equipe técnica por muitos anos", disse o vice-presidente do Keyd, André Pontes, em comunicado.

djoko-1split-cnb-2016-mycnbDjokovic comandará a comissão técnica do Keyd no CBLoL de 2017 (Foto: MyCNB)

Além dos dois integrantes da comissão técnica, o Keyd anunciou os reservas Marcos "Krastyel" Ferraz e Jorge "Verfix" Silveira. Este teve passagem pela organização, inclusive atuando como titular no 1º Split deste ano, substituindo Gustavo "Baiano" Gomes, que precisou realizar uma cirurgia de emergência para retirada de um tumor no intestino e se ausentou desde a 4ª Semana da Fase de Classificação. No 2º Split, Verfix atuou pela KaBuM.

O Keyd estava sem comando técnico desde a saída de Leonardo "Alocs" Belo, que treinou o time no 2º Split do CBLoL 2016. O ex-técnico e o time se separaram em meio ao bootcamp na Coreia do Sul. 

Keyd Stars

Felipe "Yang" Zhao (Solo Top)
Gabriel "Revolta" Henud (Jungler)
Murilo "Takeshi" Alves (Mid Laner)
André "esA" Pavezi (AD Carry)
Pedro "ziriguidun" Ferreira (Support)

Marcos "Krastyel" Ferraz (reserva)
Jorge "Verfix" Silveira (reserva)

Thiago "Djokovic" Maia (treinador-chefe)
Lorenzo Jung (treinador estratégico) 

 


Veja também:


Tags: League of legends, Keyd Stars, djokovic