Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • LCS dobrará premiação e salvará 8º colocado de torneio de rebaixamento

LCS dobrará premiação e salvará 8º colocado de torneio de rebaixamento

A Riot Games anunciou mudanças para a temporada 2017 da LCS, a principal competição de League of Legends da América do Norte e da Europa. O valor da premiação será dobrado e haverá alterações no sistema de rebaixamento.

No próximo ano, apenas os dois últimos colocados (9º e 10º) da Fase de Classificação disputarão o Promotion Tournament, que também sofreu mudanças. Nesta temporada, o 8º colocado também participava do minitorneio de acesso e rebaixamento.

No Torneio de Promoção, serão duas equipes da LCS e duas do Challenger Series, o campeonato da 2ª divisão. Os times se enfrentarão em séries md5 no sistema Double Elimination, ou seja, com Upper e Lower. 

Clubes que mantêm times B não poderá colocá-los na LCS. Na América do Norte, essas equipes não poderão jogar o Promotion Tournament caso terminem nas duas primeiras colocações. Elas estão liberadas a participar da competição em busca dos prêmios, mas não terão direito a disputar o torneio que dá acesso à LCS.

Já na LCS da Europa, os times B não serão permitidos nem no Challenger Series. Só que essa restrição só valerá a partir do Summer Split de 2017. No torneio Spring, a participação estará liberada.

lcs-northamerica-summer-2016-riotLCS terá mudanças na premiação e no sistema de rebaixamento para 2017 (Foto: Riot Games)

Para 2017, a premiação da LCS North America passou de US$ 100 mil para US$ 200 mil por Split e a da LCS Europe, para 200 mil euros. Cada participante do torneio ainda receberá US$ 50 mil (50 mil euros no caso da Europa) pela venda de produtos digitais.

São mudanças que atendem os pedidos de organizações de e-sports, que vinham reclamando da insuficiência financeira do torneio e do rebaixamento.

Em carta enviada à Riot, em novembro, diretores de 18 equipes participantes das LCSs North America e Europe apontaram falta de segurança de trabalho e de compensação aos jogadores, perigo do investimento nos times da LCS, prejuízo em patrocinar times da LCS e dificuldade financeira das organizações. Tudo isso, de acordo com os executivos, por conta da remuneração insuficiente aos times e do sistema de rebaixamento, que impedem maiores investimentos.

Mudança LCS Europe

A LCS da Europa terá uma mudança no formato em 2017. A 1ª Fase da competição passará a ser disputada de maneira parecida com a da LPL, a liga da China. Os dez times serão inicialmente divididos em duas chaves. Eles enfrentarão duas vezes os membros de seu grupo e uma vez os integrantes do outro grupo - todas as séries em md3. As chaves serão definidas por sorteio, com seeds baseados na pontuação da temporada 2016. G2 Esports e H2k-Gaming serão cabeças-de-chave.

Os três melhores colocados de cada grupo avançarão para a Fase Eliminatória, com os 1º lugares indo diretamente para as Semifinais, enquanto os demais irão disputar as Quartas de Final.

Os jogos serão realizados às quintas, sextas, sábados e, em algumas rodadas, domingos.

Nesta temporada, os dez participantes se enfrentavam em séries md2 na Fase de Classificação, com os seis primeiros indo para as Eliminatórias.

Regras para treinadores

Os treinadores passarão a ser enquadrados nas mesmas regras dos cyber-atletas, com requerimentos de contrato, remuneração mínima e proteção a aliciamento.


Veja também:


Tags: League of legends, riot games, lcs north america spring 2017