Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Riot Games investiga tentativa de aliciamento do INTZ a Sacyr

Riot Games investiga tentativa de aliciamento do INTZ a Sacyr

A Riot Games Brasil está investigando uma tentativa de aliciamento do INTZ ao AD Carry Gustavo "Sacyr" Rossi, do time de League of Legends do RED Canids.

O assunto é tratado em sigilo e nenhuma das partes quis se manifestar oficialmente, mas o MyCNB pôde apurar a informação. O UOL Jogos também publicou matéria.

Questionada especificamente sobre o caso de Sacyr, a desenvolvedora do League of Legends se manifestou em nota: "A Riot Games informa que investiga todas as denúncias que recebe, após análises, se há necessidade de tomar alguma medida, os casos e penalidades são publicados em br.lolesports.com. O principal compromisso da Riot Games é garantir o cumprimento das regras e políticas para manter a integridade do cenário competitivo".

sacyr-red-canids-cblol-2016-reb-riot-games
Sacyr está envolvido em caso de tentativa de aliciamento pelo INTZ (Foto: Riot Games)

O dono do RED Canids, Felippe Corradini, disse que não poderia se manifestar para não atrapalhar a investigação. O próprio Sacyr afirmou ao MyCNB que não poderia comentar nada.

Em nota via assessoria de imprensa, a direção do INTZ também não quis se pronunciar. "O INTZ não vai se manifestar sobre o caso. Qualquer questionamento a respeito deverá ser feito para a Riot".

Pela política antialiciamento, em vigor desde 8 de agosto de 2015, uma organização ou os jogadores de sua equipe não podem entrar em contato direto com cyber-atleta que tenha contrato em vigor com outro time. Negociações devem ser iniciadas sempre entre as direções. O time interessado precisa procurar a administração da equipe do jogador pretendido. Caso haja acerto entre as partes, a Comissão de Operações de Ligas da Riot deverá ser comunicada para aprovar a transação antes de o cyber-atleta ser informado sobre a proposta. Da mesma maneira, o jogador que esteja com contrato em vigor não pode ir atrás de outra equipe sem conhecimento de sua staff. Isso tudo deve ser realizado dentro da janela de transferências.

Os donos do INTZ, Lucas Almeida e Rogério Rodrigues de Almeida, o "Formiga", estão suspensos do cenário competitivo até 16 de janeiro de 2017, por conta da polêmica do RED Canids. No início do ano, a imprensa relevou que os dois tinham relação familiar com os antigos proprietários do RED.

Lucas é presidente da Associação Brasileira de Clubes de Esports (ABCDE), criada em agosto para defender os interesses das organizações, buscar investimentos e trabalhar no desenvolvimento do cenário de esportes eletrônicos.

Em dezembro do ano passado, houve punição ao paiN Gaming pelo aliciamento do Support Caio "Loop" Almeida, naquela época no INTZ. O dono da organização, Arthur "Paada" Zarzur, ficou proibido de comparecer a eventos oficiais e representar a equipe, a organização perdeu o dinheiro de premiação e direitos de imagem e o time não pode jogar com Loop na temporada 2016. A punição fez até o paiN entrar na Justiça contra a Riot, em um processo ainda sem decisão.


Veja também:


Tags: League of legends, intz, sacy, aliciamento, red canids