Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Organização sueca, Orbit contrata jogadores brasileiros de CS:GO

Organização sueca, Orbit contrata jogadores brasileiros de CS:GO

Mais uma equipe brasileira de Counter-Strike Global Offensive competirá no exterior vestindo a camisa de uma organização estrangeira. O quinteto comandado pelo veterano Renato "nak" Nakano assinou com o Orbit Esport, da Suécia.

A line-up é composta por cyber-atletas que defenderam CNB e-Sports Club e g3nerationX. Nak e Victor "bld V" Junqueira são ex-blumers, enquanto Jean "mch" Michel D'Oliveira, Vito "kNg" Giuseppe e Caike "caike" Costa atuavam pelo g3x. Os dois clubes encerraram suas divisões na modalidade no ano passado.

mch-caike-g3x-esl-brasil-premier-2016-esl
Companheiros de g3x, mch e kNg estão juntos no Orbit Esport (Foto: ESL)

De acordo com o diretor-executivo do Orbit, Patrik Andersson, o time viverá e treinará em Gotemburgo, na Suécia, onde fica o escritório da organização. "Eu acho que nunca estive tão otimista quanto à contratação de um time como estou com esses cinco jogadores. Depois de um 2016 mediano em questão de resultados, a direção está ansiosa para voltar a uma das comunidades mais apaixonadas dos e-sports".

O Orbit é a sexta organização estrangeira a investir em uma line-up brasileira de CS:GO, juntando-se a Immortals, Luminosity Gaming, WinOut.net - os três da América do Norte -, SK Gaming, da Alemanha, e Team AlienTech, de Portugal. A exportação começou em julho de 2015, quando o Luminosity contratou a formação comandada por Gabriel "FalleN" Toledo, que antes jogava pelo Keyd Stars, do Brasil, e hoje está no SK.

Atualmente, cinco equipes compostas por brasileiros competem fora do País. Três delas defendendo organizações internacionais - SK, Luminosity e Immortals - e as outras duas mantidas por multigamings nacionais: paiN Gaming e Dai Dai Gaming. Todos os times estão nos Estados Unidos.

Esta será a terceira vez que nak defenderá uma organização estrangeira no CS:GO. De julho a novembro de 2015, o veterano atuou como treinador do Luminosity. No ano passado, já como cyber-atleta, teve uma breve passagem pelo WinOut.net, de dois meses, até a equipe ser vendida para o Luminosity, do qual foi dispensado em setembro de 2016.

Orbit Esport

Renato "nak" Nakano
Vito "kNg" Giuseppe
Caike "Caike" Silva
Michel "mch" D' Oliveira
Victor "bld V" Junqueira


Veja também:


Tags: csgo, Counter-Strike Global Offensive, nak, mch, kng, bld, orbit esport, caike