Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Reformulado, OPK diz que objetivo no CBLoL é chegar às Eliminatórias

Reformulado, OPK diz que objetivo no CBLoL é chegar às Eliminatórias

Com cyber-atletas estreantes na elite do League of Legends do Brasil, o novo Operation Kino (OPK) sabe de suas limitações e prefere manter os pés no chão quanto ao objetivo no 1º Split do Campeonato Brasileiro (CBLoL) 2017. Segundo os jogadores, a meta é chegar à Fase Eliminatória.

"Nós vamos sempre jogar para ganhar, mas o que nós queremos é conquistar pelo menos os Playoffs", disse o estreante Mid Laner Matheus "Dynquedo" Rossini após a derrota do OPK para a KaBuM na 1ª Rodada do CBLoL, neste domingo (22). Clique aqui para ver a cobertura completa.

Leia também: CBLoL 2017 começa com fim de tabu e reedição de final empatada (clique aqui)
Leia também: Após derrota na estreia, Takeshi nega preocupação: "Aprendizado" (clique aqui)

opk-chegando-cblol-2017-1o-split-1a-semana-riot-games
Operation Kino mudou toda a line-up de LoL para temporada 2017 (Foto: Riot Games)

O time esteve bem perto de vencer a primeira partida, mas não conseguiu aproveitar as muitas vantagens e oportunidades para levar o jogo e acabou derrotado. No segundo jogo, a KaBuM dominou e fechou em 2 a 0. "Nós tivemos bastantes erros em time e eu acho que fui bem medíocre. Eu pretendo treinar para melhorar isso".

"Medíocre" pode ter sido uma avaliação muito cruel de Dynquedo, já que o Mid Laner teve 13 kills, 12 assistências e só duas mortes na partida inicial. No embate seguinte, em que todos do seu time não tiveram bom desempenho, o jogador conseguiu quatro abates e morreu três vezes.

Foi a primeira exibição de Dynquedo no palco do CBLoL, a mais importante competição do cenário brasileiro. Ele passou pelo Team Genesis, participante do Circuito Desafiante em 2016, antes de ser contratado pelo OPK, em novembro último. "É muito bom disputar o CBLoL, realizar um sonho. Eu estou vindo de outros times mais fracos e jogava campeonatos não tão importantes quanto este. Eu não senti tanta pressão, porque joguei alguns presenciais recentes, que me ajudaram bastante em relação ao nervosismo".

Com o Operation Kino, Dynquedo disputou a XLG Super Cup de 2016, em dezembro, na qual ficou na 4ª colocação, e a 2ª ESL Brasil Premier League, neste mês, da qual se saiu vitorioso. Ele ainda participou do torneio de 1x1 Red Bull Player One no ano passado. "Com certeza o CBLoL é outro nível, mas essas experiências me ajudaram bastante".

dynquedo-opk-cblol-2017-1o-split-riot-games
Dynquedo estreou na elite do League of Legends brasileiro (Foto: Riot Games)

Quem tem ajudado os novatos, como Dynquedo e o Support Emerson "BocaJúnioR" Alencar, é o Top Laner Franklin "Aoshi" Coutinho. Ele ficou na reserva do CNB e-Sports Club no 2º Split do CBLoL 2016, mas havia jogado três Splits antes, e agora voltou à titularidade, atuando pelo OPK. "No meu time anterior eu cresci com os jogadores, era tão inexperiente quanto os outros e fomos evoluindo juntos. Na OPK eu tento passar alguma coisa que aprendi durante esse tempo. Tento dar dicas de jogo e de como têm que se portar e, ao mesmo tempo, eu aprendo, porque eles têm uma visão bem diferente".

Ele classificou a estreia da equipe no 1º Split como "boa e ruim". "Eu acho que nós tivemos um primeiro jogo muito forte e, mesmo tendo erros e ansiedade da galera, conseguimos abrir vantagem ao ponto de estarmos pressionando bastante. E ao mesmo tempo perdemos, essa é a parte ruim. Mas vamos voltar mais fortes".

aoshi-opk-cblol-2017-1o-split-riot-games
Top Laner Aoshi tem experiência de dois anos de CBLoL (Foto: Riot Games)

Aoshi tem o mesmo discurso de Dynquedo sobre o objetivo do Operation Kino para o CBLoL. "O time é novo e o nosso objetivo principal é os Playoffs. Queremos evoluir, corrigir erros que estamos tendo bastante e, para o 2º Split, voltar correndo pelo título".

Em relação 2º Split de 2016, o Operation Kino mudou toda a line-up. Os antigos jogadores deixaram a organização e hoje defendem o ProGaming e-Sports, participante da 2ª divisão. 


Veja também:


Tags: League of legends, aoshi, operation kino, cblol 2017, dynquedo