Siga o MyCNB  


  • Menu
  • Notícias
  • Sem felippe1, paiN encerra vínculo com equipe de Counter-Strike

Sem felippe1, paiN encerra vínculo com equipe de Counter-Strike

O vínculo entre o paiN Gaming e o time de Counter-Strike Global Offensive chegou ao fim. Em comunicado, a organização brasileira anunciou o término da parceria alegando que "o projeto é inviabilizado por custo de oportunidade". Os cyber-atletas continuarão morando nos Estados Unidos.

"Informamos o fim da parceria com a equipe de CS:GO, por, neste momento, estarmos focados em outros projetos. Acreditamos muito no potencial deste time e temos certeza de que um dia os veremos no topo do cenário competitivo. Com isso em mente, a paiN, como organização, está fornecendo sua gaming house, em Nevada, para que o crescimento internacional do time continue até que eles encontrem uma nova organização", escreveu a organização em comunicado no Facebook.

O término desta parceria não significa o fim do investimento na modalidade. "A organização permanece com interesse no cenário competitivo de CS:GO, mas, no momento, o projeto é inviabilizado por custo de oportunidade".

pain-csgo-igl-5eplaypaiN Gaming não tem mais vínculo com o time de CS:GO (Foto: 5eplay.com)

Em comunicado postado no Twitter, o jogador Caio "zqk" Fonseca disse que, "infelizmente, não chegamos a um acordo para dar continuidade ao projeto deles no CS:GO". Ele agradeceu o apoio do paiN e lamentou ter de começar o ano sem uma organização para defender. "É frustrante começar o ano sem o apoio de uma organização, especialmente quando olhamos para a situação atual do cenário brasileiro. Enquanto o jogo só cresce mundo à fora, aqui [no Brasil] vemos o contrário".

Os jogadores estavam jogando pelo paiN desde agosto do ano passado, depois de atuarem pelo AlienTech, organização de Portugal. O fim da parceria aconteceu no mesmo mês em que o treinador Felippe "felippe1" Martins deixou a equipe para acertar com o Luminosity Gaming, organização canadense que mantém line-up formada por brasileiros. Felippe1 ficou no paiN por vários anos, no CrossFire e, mais recentemente, no CS:GO, e era muito próximo à direção.

"Comentaram sobre a saída dele ser prejudicial, porque ele costumava fazer o intermédio entre player e organização e era a pessoa de confiança do Paada [dono do paiN], mas o ponto importante mesmo não foi esse. É que o custo para manter um time aqui fora foi mais alto do que eles planejavam", disse zqk ao MyCNB.

Mudança na line-up

Nesse domingo (29), Guilherme "duken" Góes utilizou o Facebook para anunciar que não faz mais parte da equipe. Ele já está de volta ao Brasil. "Gostaria de anunciar o meu desligamento do time por alguns motivos pessoais que prefiro não explanar", escreveu.

Ao MyCNB, duken contou que os motivos pessoais mencionados nas postagens são relacionados à saúde, mas não quis entrar em detalhes. O cyber-atleta disse que ficará afastado do cenário competitivo por pelo menos três meses. Não há, ainda, anúncio de quem é o substituto.

O time ex-paiN Gaming é composto por:

João "KillDream" Ferreira
Willian "Lul4" Elias
Ricardo "s1" Shinji
Caio "zqk" Fonseca


Veja também:


Tags: pain gaming, csgo, counter strike, zqk, felippe1, duken