Siga o MyCNB  


  • Menu
  • Notícias
  • Jogadores do CNB veem vantagem sobre o Keyd na última rodada

Jogadores do CNB veem vantagem sobre o Keyd na última rodada

Mesmo não dependendo apenas de si próprio para se classificar para as Semifinais do 1º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2017, o CNB e-Sports Club tem uma vantagem, segundo os seus cyber-atletas: irá enfrentar uma equipe mais fácil de vencer do que o oponente de seu adversário direto na luta pela quarta vaga para a Fase Eliminatória.

Enquanto os blumers enfrentarão o Operation Kino (OPK) na 7ª Rodada da Fase de Classificação, o Keyd Stars terá de duelar contra o RED Canids. O OPK é o 6º colocado da competição, com uma vitória, um empate e quatro derrotas, e o RED está no topo da tabela, com cinco vitórias e um empate.

"Como a RED vem bem forte e a Keyd não está em uma situação tão confortável, podem estar evoluindo como nós, mas não estão no 100% deles, eu acho que vai ser bem difícil de tirarem um joguinho da RED. Contra a OPK, só não podemos entregar vantagem no começo, se não vão vir para cima e isso é bem perigoso. É mais fácil dar 2 a 0 na OPK do que tirar um jogo da RED", analisou o Mid Laner Thiago "TinOwns" Sartori, em entrevista ao MyCNB.

O AD Carry Pablo "pbO" Yuri acredita que a equipe tem "um pouco de vantagem" pelos duelos da última rodada, mas lamentou o empate com o Keyd na semana passada. "Na nossa cabeça nós só queríamos depender de nós mesmos, vencendo de 2 a 0 da Keyd e da OPK", observou. "A OPK vem demonstrando bons jogos, [mas] na minha opinião nós somos favoritos para cima deles. Estamos evoluindo muito nas duas últimas semanas e, até chegar o jogo contra a OPK, vamos evoluir muito e ganhar deles".

O treinador Hugo "Galfi" Augusto adota um discurso mais moderado, admitindo a possibilidade de o Keyd surpreender o RED na rodada decisiva. "Eu acho que a Keyd é um time extremamente competente. A RED é um time mais complicado, mais cascudo do que a OPK, mas acho que os dois times terão séries difíceis pela frente e quem se preparar melhor vai conseguir se classificar. Não acho que algum tenha vantagem sobre o outro".

Leia também: "É bom que tenhamos perdido uma vez", diz treinador do RED Canids (clique aqui)
Leia também: Em ascensão, INTZ exalta amizade e trabalho da staff para boa fase (clique aqui)

Leia também: Mais jovem do CBLoL, Titan viajou às pressas de Manaus e realizou sonho do pai (clique aqui)
Leia também: Jogadores do Keyd admitem preocupação, mas confiam em vaga nas Semis (clique aqui)

galfi-cnb-1split2017-s6-riotgamesContrariando comandados, Galfi adota discurso mais ameno (Foto: Riot Games)

Para ir às Semifinais, o CNB precisa vencer o OPK neste sábado (11), às 15 horas, e torcer para que o Keyd perca para o RED, no domingo (12), às 15 horas. Caso Murilo "Takeshi" Alves e companhia empatem, o desempate com o CNB seria pelo menor tempo de vitórias. Uma vitória do Keyd o coloca na Fase Eliminatória.

Apesar de o CNB depender de outro resultado para conseguir a classificação, Galfi prega que a equipe se preocupe apenas com o seu jogo e "esqueça" o duelo do Keyd. "Sobre pensar no resultado do outro, vamos ignorar. Não está no nosso controle, então não tem por que nos preocuparmos com isso. O que vamos nos preocupar é em fazer dois ótimos jogos contra OPK e fazer 2 a 0. E aí, se acontecer do jeito que queremos, vamos para os Playoffs".

Expectativa

Independentemente da classificação ou não do CNB para a Fase Eliminatória, a comunidade e os especialistas esperavam mais da equipe no 1º Split do CBLoL 2017. Vice-campeão brasileiro em 2016, o time foi o único a não mudar a line-up para esta temporada. Só houve mudança de treinador: saiu Thiago "Djokovic" Maia, hoje no Keyd, e entrou Galfi.

Segundo os jogadores e o técnico, alterações no meta game e o individualismo prejudicaram o início de temporada da equipe, que tem uma vitória, três empates e duas derrotas no CBLoL. "Desde o ano passado, depois que acabou o 2º Split, eu sabia que nós teríamos alguns problemas dentro de jogo neste ano, porque em 2016 meio que jogamos o individual. Somos cinco bons jogadores, só que, em time, nós não éramos os melhores. Conseguimos chegar à final só jogando individualmente praticamente e, neste ano, não está funcionando", disse pbO.

cnb-grupo-1split2017-s6-riotgamesCNB e-Sports Club luta para avançar à Semifinais do CBLoL 2017 (Foto: Riot Games)

TinOwns dá o exemplo de sua role para explicar as mudanças que afetaram o jogo do CNB. "No Split passado tinha campeões bem certos, eu só ficava um contra um e não precisava ir para side lanes como está acontecendo agora. Isso fez com que o mapa abrisse mais opções. Antes era muito de juntar e brigar e hoje em dia não é bem assim, tem mais condições de vitórias. Isso que acabou afetando nosso macro game. Ficamos meio perdidos e estamos arrumando pouco a pouco".

Responsável por comandar a equipe em 2017, Galfi admite que há uma pressão da comunidade pelos resultados, já que esperava-se muito dos blumers e a expectativa acabou não sendo correspondida. "Só sofremos pressão porque todo mundo sabe que nosso time é capaz e competente e já demonstrou isso no Split passado. É natural que o pessoal cobre e nós também nos cobramos muito. Não estamos satisfeitos com a situação em que estamos. É por isso que temos trabalhado tão forte".


Veja também:


Tags: cnb e-Sports club, League of legends, Keyd Stars, pbo, red canids, operation kino, tinowns, cblol 2017, galfi