Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Japonês do Rampage se diz "chocado" com tuíte de YoDa

Japonês do Rampage se diz "chocado" com tuíte de YoDa

Um dos japoneses da equipe de League of Legends do Rampage, o Top Laner Shunsuke "Evi" Murase se disse "chocado" com a declaração do Mid Laner Felipe "YoDa" Noronha, do RED Canids, que rendeu ao brasileiro uma suspensão de três partidas no Mid-Season Invitational (MSI) 2017. A Fase de Entrada da competição acontece no estúdio da Riot Games Brasil, em São Paulo.

Na quinta-feira (27), YoDa tuitou que havia passado gritando "flango" em frente aos quartos dos jogadores japoneses, os quais chamou de "japorongas". O comentário chegou ao conhecimento da comunidade internacional por meio do fórum Reddit e provocou polêmica, já que muitos usuários viram conteúdo racista na mensagem por conta da "piada" com o jeito de falar dos japoneses e com o termo "japoronga", classificado como pejorativo. No mesmo dia, a Riot Games central anunciou uma punição ao cyber-atleta brasileiro, tirando-o dos três primeiros jogos do RED no MSI e aplicando multa de US$ 2 mil.

O assunto dominou a entrevista coletiva do Rampage após o primeiro dia do MSI, nesta sexta-feira (28). O time do Japão, que conta com dois sul-coreanos, perdeu as três partidas: contra SuperMassive (Turquia), Dire Wolves (Austrália) e RED.

"No começo, eu pensei que era apenas uma piada e talvez deveria ser, mas, olhando um pouco mais, pareceu muito mais sério do que isso. Foi um pouco chocante", disse Evi. Questionado pelo MyCNB se os japoneses ficaram ofendidos, o cyber-atleta respondeu: "No começo, eu não pensei muito sobre isso, mas, depois que eu li a declaração, me senti um pouco chocado. Pessoalmente não senti tanto isso, mas é um pouco triste ouvir o que ele disse".

rampage-msi-2017-riot-games
Japoneses do Rampage perderam os três jogos no 1º dia do MSI (Foto: Riot Games)

O AD Carry japonês Yuta "YutoriMoyashi" Noguchi também se pronunciou sobre o tuíte de YoDa. "Eu, pessoalmente, não me importei muito com isso, porque não vi o tweet. Eu ouvi de outra pessoa. Uma coisa que faria a diferença seria entender se ele falou literalmente, com má intenção. É muito difícil falar, do meu ponto de vista. Eu não levei muito a sério".

Em vídeo publicado durante a madrugada, YoDa disse que o tuíte não teve "tendência xenofóbica e muito menos racista" e argumentou que o usuário brasileiro que publicou sobre o assunto no fórum internacional Reddit traduziu a mensagem "de uma maneira tendenciosa, uma coisa ruim, uma coisa racista". "Tem muita gente lá fora achando uma coisa que eu não sou. Peço desculpas por isso".

YutoriMoyashi observou, contudo, que a comunidade japonesa não deve "ter recebido bem" a declaração de YoDa visto que, no Japão, um jogador chegou a ser punido por ter feito comentários depreciativos sobre sul-coreanos e, naquela ocasião, a comunidade se manifestou contra o racismo.

Segundo Evi, YoDa não se desculpou pessoalmente com os jogadores do Rampage pela mensagem, classificada como "linguagem racial ofensiva" pelo comunicado da Riot.

Clique aqui para ver a cobertura completa do Mid-Season Invitational 2017


Veja também:


Tags: League of legends, yoda, red canids, msi 2016, rampage, evi