Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • SirT deixa o paiN para jogar pelo Big Gods nos Estados Unidos

SirT deixa o paiN para jogar pelo Big Gods nos Estados Unidos

O Jungler Thúlio "sirT" Carlos encerrou uma passagem de quase cinco anos no paiN Gaming, pelo qual conquistou dois títulos brasileiros de League of Legends, e partirá para um novo desafio na carreira. Ele deixou a organização e acertou sua transferência para o Big Gods Jackals para jogar nos Estados Unidos.

Esta é a segunda baixa no paiN em menos de uma semana. No último dia 4, o treinador Gabriel "MiT" Souza teve a saída anunciada.

SirT era o segundo mais antigo membro da equipe, atrás apenas do Mid Laner Gabriel "Kami" Santos. Ele havia entrado para o paiN em julho de 2012 e participou das campanhas vitoriosas nos campeonatos brasileiros de 2013 e 2015.

Segundo a assessoria de imprensa do paiN, ainda não há definição se um novo Jungler será contratado ou se Rodrigo "TaeYeon" Panisa, que estava como reserva na posição no 1º Split do Campeonato Brasileiro (CBLoL), assumirá a titularidade na sequência da temporada.

Mas o destino de sirT já está definido. Ele acertou com a organização brasileira Big Gods e jogará o Challenger Series North America Summer 2017 nos Estados Unidos, conforme apurou o MyCNB.

sirt-1split-cblol2017-pain-riotgamesx
sirT deixou o paiN Gaming e acertou com o Big Gods (Foto: Riot Games)

A Reportagem soube da informação por uma fonte depois que o técnico do Big Gods, Ednilson "Jukaah" Vargas, publicou no Twitter, na semana passada, que teria um "reforço importante" para o próximo Split do torneio de 2ª divisão da América do Norte, com a mensagem acompanhada da bandeira do Brasil. Ele não quis falar qual era o reforço, mas disse que a contratação estava fechada e seria um "grande negócio". Outra fonte informou que a organização estava procurando por novo Jungler.

No último dia 4, a assessoria de imprensa do Big Gods havia negado a contratação de sirT. "Essa informação não procede", respondeu, ao ser contatada pelo MyCNB durante a apuração das informações. Só que, na noite desta terça-feira (9), o paiN oficializou a saída do sirT, o que deu força às informações antes apuradas.

O dono do Big Gods, Danilo Salgueiro, já falou ao site do SporTV sobre a contratação de sirT, confirmando o que adiantou o MyCNB nas redes sociais. "Decidimos trazer o sirT para oferecer à equipe a visão de um atleta com uma vasta experiência no cenário competitivo de League of Legends. Além disso, com a contratação do jogador, reforçamos nosso papel de revelar talentos brasileiros na liga norte-americana e mostrar a capacidade deles em bater de frente com nomes internacionais", disse o executivo ao SporTV.

Com a contratação de sirT, o Big Gods passa a ter três brasileiros do time: além dele e do técnico Jukaah, a line-up conta com o Support Gustavo "Baiano" Gomes, que já participou da campanha no Spring Split do Challenger Series norte-americano. O time caiu na Semifinal e não chegou ao Promotion Tournament para tentar o acesso à LCS, a competição da 1ª divisão.

Histórico

A história de sirT no paiN começou a ser escrita em julho de 2012, quando o Jungler entrou no lugar de Daniel "eL Traidor" Magalhães. Desde então, o cyber-atleta fez parte de todas as lines do clube e esteve presente nas principais conquistas.

O primeiro título veio em 2013. Com vitória na Grande Final sobre o CNB e-Sports Club por 3 a 1, de virada, sirT e companhia venceram o Campeonato Brasileiro daquele ano. A conquista rendeu a participação na primeira edição do International Wildcard Tournament (IWCT), no qual o paiN ficou com o vice, não conseguindo se classificar para o Campeonato Mundial daquele ano.

A segunda conquista nacional foi obtida dois anos depois, com o título do 2º Split do CBLoL 2015. Daquela vez, o time não deixou a oportunidade de disputar o Mundial escapar. A classificação para o torneio mais importante da temporada veio com vitória sobre o Kaos Latin Gamers (KLG), do Chile, no Wildcard.

No World Championship, o paiN venceu duas das seis partidas na Fase de Grupos, sobre Flash Wolves, de Taiwan, e Counter Logic Gaming (CLG), dos Estados Unidos, e fez história com a melhor campanha de um time brasileiro na competição.

sirt-pain-mundial-2015-riot-games
sirT disputou o Campeonato Mundial de 2015 com o paiN (Foto: Riot Games)

Além do Campeonato Mundial de 2015, SirT defendeu a paiN em outros dois torneios internacionais de expressão: a Final Mundial da 7ª temporada da Intel Extreme Masters (IEM), em 2013, e a IEM San Jose, no ano seguinte.

No 1º Split do CBLoL 2017, sirT entrou no esquema de revezamento implantado por MiT na equipe. Ele chegou a ser substituído em duas séries por TaeYeon.

paiN Gaming

Matheus "Mylon" Borges (Top Laner)
Gabriel "Kami" Santos (Mid Laner)
Pedro "Matsukaze" Gama (AD Carry)
Caio "Loop" Almeida (Support)

Rodrigo "TaeYeon" Panisa (reserva)
César "juc" Barbosa (reserva)
Rafael "Rakin" Knittel (reserva)

* Com colaboração de Gabriel Melo


Veja também:


Tags: League of legends, pain gaming, Big Gods, sirt