Siga o MyCNB  


  • Menu
  • Notícias
  • Finalistas da ESL Pro League #5 de Counter-Strike são definidos

Finalistas da ESL Pro League #5 de Counter-Strike são definidos

Terminou a fase online da 5ª temporada da ESL Pro League de Counter-Strike Global Offensive e duas equipes brasileiras - SK Gaming e Immortals - se classificaram para a Final Mundial, a ser realizada em Dallas, no Texas, nos Estados Unidos, de 31 de maio a 4 de junho. Outro brasileiro, o Luminosity Gaming bateu na trave.

O evento é dividido em duas ligas regionais, uma da América do Norte e outra da Europa, cada uma com 14 participantes. Os times se enfrentaram no sistema "todos contra todos", em dois confrontos md1, ao longo de dez semanas, e os seis primeiros colocados de cada torneio avançaram para a Final Mundial.

Na América do Norte, o SK terminou a 1ª Fase no topo, com 18 vitórias e 6 derrotas. Na 2ª posição ficou o Immortals, que teve 17 triunfos em 24 partidas. No campeonato norte-americano, o Animal Squad (antigo WinterFox) acabou desclassificado por não comparecer para as partidas remanescentes a partir de 27 de abril por "problemas na line-up". Com isso, a ESL só considerou 24 jogos para todos os participantes.

sk-entrando-iem-sydney-2017-hltv-org
SK Gaming participará de Final Mundial da ESL Pro League (Foto: HLTV.org)

Os outros classificados na América do Norte foram: Team Liquid, NRG Esports, cloud9 (os três dos Estados Unidos) e OpTic Gaming (Canadá/EUA).

O Luminosity ficou na 7ª colocação, com 3 pontos a menos do que os 42 do OpTic. O time comandado pelo técnico Felippe "felippe1" Martins teria se classificado se tivesse vencido ao menos uma das duas partidas contra o Liquid na noite dessa quinta-feira (11). Contudo, a equipe perdeu tanto na de_mirage, por 16 a 11, quanto na de_inferno, por 16 a 12.

Torneio europeu

Na Europa, sem nenhum desclassificado, cada equipe disputou 26 partidas na fase online. O North (Dinamarca) teve 19 vitórias e sete derrotas e terminou na ponta, seguido por G2 Esports (França), mousesports (Europa), fnatic (Suécia), Natus Vincere (Ucrânia/Rússia) e Team EnVyUs (França), nesta ordem.

Os dois times que estão no topo do cenário internacional da modalidade, segundo ranking do site especializado HLTV.org, não se classificaram para a Final Mundial. O FaZe Clan (Europa) ficou no 7º lugar e o Astralis (Dinamarca), no 8º. Ambos tiveram o mesmo número de vitórias e derrotas do 6º colocado, o EnVyUs, mas ficaram fora pelo critério de desempate de confronto direto por terem perdido as partidas para os franceses.

Portanto, os participantes da Final Mundial da ESL Pro League #5 serão:

SK Gaming (Brasil)
Immortals (Brasil)
Team Liquid (Estados Unidos)
NRG Esports (Estados Unidos)
cloud9 (Estados Unidos)
OpTic Gaming (Canadá/Estados Unidos)
North (Dinamarca)
G2 Esports (França)
mousesports (Europa)
fnatic (Suécia)
Natus Vincere (Ucrânia/Rússia)
Team EnVyUs (França)

Premiação:
1º - US$ 225.000
2º - US$ 100.000
3º/4º - US$ 60.000
5º/6º - US$ 45.000
7º/8º - US$ 40.000
9º/10º - US$ 35.000
11º/12º - US$ 32.500

Histórico

Em 2016, os brasileiros do Luminosity, que atualmente defendem o SK, foram campeões da 3ª temporada, cujas finais aconteceram em Londres, na Inglaterra. O título da 4ª temporada, disputada em São Paulo, no fim de outubro, ficou para os norte-americanos do cloud9, que venceram justamente o SK na decisão.

Para este ano, a ESL aumentou a premiação da competição. Serão US$ 2 milhões, sendo US$ 1 milhão para cada temporada. Em 2016,  o montante para as duas edições foi de US$ 1,5 milhão - US$ 750 mil para cada. Os prêmios têm aumentado US$ 500 mil a cada ano.

A 6ª temporada está marcada para começar em 7 de agosto, com finais em dezembro, em local ainda não revelado.


Veja também:


Tags: csgo, sk gaming, Counter-Strike Global Offensive, esl, luminosity gaming, immortals, esl pro league 5