Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Paada exalta experiência no DotA para ajudar paiN fora de jogo

Paada exalta experiência no DotA para ajudar paiN fora de jogo

Sem Gabriel "MiT" Souza, o paiNG aming surpreendeu ao anunciar o dono da organização, Arthur "Paada" Zarzur, como novo treinador-chefe do time de League of Legends. De acordo com empresário, essa decisão não foi por falta de opções, e sim "por uma necessidade especial que não encontramos em outras pessoas".

"Foi uma série de fatores, muito bem ponderados. Em resumo, olhamos para dentro de casa e vimos que alguns pontos importantes precisavam ser corrigidos. Entre eles, o jogo que acontece fora do LoL. O time precisava de um fio condutor que fosse sólido e ajudasse cada talento a melhorar. Junto com alguns membros da organização, procuramos pessoas que pudessem trazer isso para os jogadores. Por fim, chegamos à conclusão que minha bagagem e experiência seria o ideal para eles, ainda mais porque já tínhamos um bom relacionamento", contou Paada, em entrevista ao MyCNB.

paada-paingaming-reproducao-tvfolha
Paada será o treinador-chefe no 2º Split do CBLoL (Foto: Reprodução/TV Folha)

Antes de fundar o paiN Gaming, Paada jogou competitivamente DotA 2 e vai usar a experiência nessa nova jornada. Ele está confiante. "Se eu não acreditasse que sou capaz, certamente não teria seguido nesse caminho. Já atuei em posições semelhantes com DotA e sei que será uma boa base para atuar essa função com LoL".

Depois da saída de MiT, anunciada no início do mês, Paada disse que a organização procurou alguns nomes para a função e analisou "o mercado com cautela antes de seguir por esse caminho". Ele ressalta que a decisão não foi falta de opções, "mas uma necessidade especial que não encontramos em outras pessoas".

Diferentemente do antigo treinador, Paada não ficará com os jogadores durante os picks e bans no Campeonato Brasileiro (CBLoL). Quem terá essa função será César "juc" Barbosa, antes reserva e que virou treinador-assistente. O britânico John "Rnglol" Crichton, que está na organização desde de 2015 atuando como analista, foi remanejado e será o novo treinador-estratégico, atuando à distância.

"Estou liderando o dia a dia do time, cuidando para que a máquina funcione fora do jogo. Em qualquer competição, isso é essencial. Notamos que essa foi uma das brechas que tivemos nesse 1º Split, então, estou dedicado a cuidar da rotina dos jogadores, com o suporte do juc e do John para as questões técnicas. E por mais que muitos não acreditem isso como um fator válido, estudei e aprendi muito com DotA. Sei que não se trata do mesmo jogo, mas muitas coisas funcionam da mesma forma", destacou Paada.

Mesmo não sendo o responsável por estar com os jogadores no draft, Paada garantiu que estará presente em todos os jogos da equipe no CBLoL.

Além de acertar a saída de MiT, o paiN negociou o Jungler Thúlio "sirT" Carlos com o Big Gods Jackals para atuar nos Estados Unidos. Questionado se Rodrigo "TaeYeon" Panisa será o único Jungler, o empresário manteve o mistério. "Em breve vamos dividir mais sobre esse assunto com vocês".

A janela de transferências do CBLoL, período estipulado pela Riot Games Brasil para concretização de transações, terminou no último dia 15. Todas as escalações foram entregues à desenvolvedora. Mas os times podem anunciar as contratações quando acharem conveniente. 

paiN Gaming

Matheus "Mylon" Borges (Top Laner)
Rodrigo "TaeYeon" Panisa (Jungler)
Gabriel "Kami" Santos (Mid Laner)
Pedro "Matsukaze" Gama (AD Carry)
Caio "Loop" Almeida (Support)Rafael "Rakin" Knittel (reserva)

Arthur "Paada" Zarzur (treinador-chefe)
César "juc" Barbosa (treinador-assistente)
John "Rnglol" Crichton (treinador-estratégico) 


Veja também:


Tags: League of legends, pain gaming, mit, paada, cblol 2017