Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Sete equipes do CBLoL confirmam revezamento de jogadores

Sete equipes do CBLoL confirmam revezamento de jogadores

A rodada inicial do 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2017 teve cinco substituições de cyber-atletas, a mesma quantidade de trocas realizadas em toda a Fase de Classificação do 1º Split. E a tendência é que o revezamento seja ainda mais comum, pois as equipes prometem fazer uso intenso dos reservas.

Se antes as equipes participantes do CBLoL inscreviam os reservas apenas para cumprir o regulamento, que exige ao menos dois, agora há preocupação com os jogadores substitutos à disposição.

Isso começou com o paiN Gaming, sob o comando de Gabriel "MiT" Souza. Ele fez quatro trocas entre partidas de três séries na Fase de Classificação do 1º Split e chegou a ser criticado por não ter mexido na equipe na derrota na Semifinal. O RED Canids também fez bom uso dos reservas a partir da Semifinal, com o Mid Laner Felipe "YoDa" Noronha no lugar de Gabriel "tockers" Claumann e depois com o AD Carry Gustavo "Sacy" Rossi substituindo Felipe "brTT" Gonçalves.

O uso efetivo dos reservas tornou-se tendência no cenário brasileiro, demonstrada já na rodada de abertura do 2º Split. No confronto entre T Show e ProGaming e-Sports, por exemplo, foram três substituições. Team One e Keyd Stars protagonizaram a única série na qual não houve trocas, apesar de os dois times terem cyber-atletas "no banco" aptos a entrar.

"Os dois jogadores na mid lane que eu tenho são titulares", arrematou o técnico do Team One, Vinícius "Neki" Ghilardi, em entrevista ao MyCNB, referindo-se a Bruno "Brucer" Pereira e João "Marf" Piola. "É questão de qual time eu vou jogar contra, a composição que preciso fazer e como preciso jogar contra. Os dois vão atuar neste CBLoL. Podem esperar que o Marf vai aparecer. Os dois fazem parte da minha equipe e vamos trabalhar da melhor maneira possível porque o importante é o resultado".

keyd-posa-reservas-cblol-2017-2o-split-riot-games
Keyd Stars tem reservas à disposição para o 2º Split do CBLoL 2017 (Foto: Riot Games)

No Keyd, os reservas participaram de treinos com as ausências do Jungler Gabriel "Revolta" Henud e do Mid Laner Murilo "Takeshi" Alves, que ficaram doentes antes da estreia, e fazem parte do plano do time, apesar de não terem jogado na 1ª Rodada.

"Eu sempre apoiei a ideia de reserva, eu acho que a paiN e a RED foram geniais nessa inovação que fizeram no Brasil. Eu acredito que todos os reservas que nós temos são aptos a jogar", disse Revolta ao MyCNB. "Quando você está acostumado a jogar com uma pessoa, você meio que sabe o que ela vai fazer. O Jungler reserva, por exemplo, vai ter uma visão diferente de você e vai mudar como você pensa, vai lhe dar uma perspectiva diferente, assim como você pode usá-lo para jogar contra um time que não esperava isso. Contra a INTZ, nós podemos colocar o Days, porque a INTZ me conhece muito bem".

Para a 2ª Rodada, o Keyd anunciou que utilizará o AD Carry reserva Gabriel "Juzinho" Nishimura no lugar de André "esA" Pavezi, que jogará como Support em substituição a Pedro "ziriguidun" Ferreira.

No T Show, houve substituições de Fernando "Ferchu" Aoki por Daniel "Danagorn" Drummond e de Igor "DudsTheBoy" Lima por Matheus "Theusma" Lima, a mudança nos estilos de jogo é exaltada. "Muda totalmente o estilo de jogo e, querendo ou não, traz ar novo. Se você acaba se estressando no jogo, vem outro player e está tudo de boa de novo", opina Ferchu.

Além disso, o Support Matheus "Professor" Leirião, do ProGaming, aponta outro benefício dos reservas: a possibilidade de ter mais uma pessoa ajudando a equipe. "O time fica muito mais diversificado e, nos treinos, nós conseguimos absorver muito mais", avalia. Na 1ª Rodada, Filipe "Ranger" Brombilla começou jogando na jungle, mas acabou substituído por João Vitor "Zuao" Morais. "Tem coisas que, quando o Zuao está jogando, o Ranger vê e vice-versa. Podemos tirar mais coisas dos jogos. Sempre vai ter uma cabeça a mais para pensar, sobre o que deveríamos ter feito durante os treinos e como temos que nos portar nas partidas".

shini-jockster-peter-intz-cblol-2017-2o-split-riot-games
Shini (esq.) já estreou no INTZ e pode jogar no restante do torneio (Foto: Riot Games)

No INTZ, os Junglers Gabriel "Turtle" Peixoto e Diogo "Shini" Rogê irão revezar, assim como fizeram na vitória sobre o CNB e-Sports Club na 1ª Semana. "Nós dois temos olhares diferentes, o que acaba aumentando o nosso leque de estratégias", diz Turtle. "O que ele tem de qualidade, eu não tenho. O que eu tenho, ele não tem. Isso agrega muito para a INTZ, porque o Peter [Dun, técnico] pode decidir em jogar comigo em uma partida e com o Shini na outra. Isso muda totalmente o nosso plano de jogo e pega de surpresa os times inimigos".

O CNB não fez alterações na 1ª Semana, mas tem à disposição o Mid Laner Guilherme "Vash" Del Buono para revezar com Thiago "TinOwns" Sartori. Outro reserva blumer é o AD Carry Jefferson "Devo" de Aguiar, das categorias de base da organização. No 1º Split, a equipe usou o Jungler Yan "Yampi" Petermann como substituto de Gustavo "Minerva" Queiroz no último confronto da Fase de Classificação, mas na série inteira, e não em mudança entre jogos de uma série. Yampi não está mais no time e se transferiu para o Operation Kino (OPK).

No RED Canids, a equipe já indicou que pretende usar o Support português Rúben "rhuckz" Barbosa e Sacy para ter quatro opções de bot lane. "Tem quatro jogadores, então estrategicamente vamos estar à frente de todo mundo. Vamos poder trocar e ser imprevisíveis", analisa rhuckz.

Para o Jungler Carlos "Nappon" Rücker, "o mais importante é que os quatro jogadores são bons igualmente". "Eles têm mecânica, entendimento de macro e sinergia com o time. Os pontos que os diferem são características de cada pessoa. Tal jogador é um pouco melhor com isso, gosta mais disso, tem sinergia melhor com isso. É isso que determina o que nós vamos usar".

maos-red-canids-cblol-2017-2o-split-riot-games
RED Canids aposta no revezamento para formar quatro bot lanes (Foto: Riot Games)

Exceção

Na contramão da tendência nacional, o paiN não irá utilizar reservas neste CBLoL. Inscritos como substitutos pela equipe, Rafael "Rakin" Knittel já disse que não irá atuar e Matheus "Picoca" Tavares é streamer.

"Deixamos essa tática de lado", confirmou o Jungler Rodrigo "Tay" Panisa, que no 2º Split do CBLoL 2016 tomou o lugar de brTT no paiN e no 1º Split substituiu o titular Thúlio "sirT" Carlos nas segundas partidas de duas séries. "Se quiséssemos reservas, queríamos caras tão bons quanto os que saíram, o que era difícil, porque o Thúlio é um cara muito bom. Nós optamos por não ter. Eu acredito que nós não usamos tão bem assim o sistema de reservas no 1º Split. Podemos pensar nisso para o futuro".

Questionado o motivo de o revezamento não ter dado certo, Tay respondeu: "É bem difícil identificar quando vai ser melhor [usar o reserva], porque eu, particularmente, não acho efetivo você botar um cara para jogar porque ele tem um pick diferente. Quando você o bota, o pessoal meio que já espera e pode criar um plano em volta disso. Eu acho que é isso.. nós provavelmente não saberíamos botar o reserva na hora certa. É uma perda de tempo tanto para nós quanto para o cara, que vai ficar na reserva e nós não saberemos lidar com ele".

Clique aqui para ver a cobertura completa do 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2017


Veja também:


Tags: League of legends, pain gaming, Keyd Stars, cnb e-sport club, intz, t show, red canids, progaming e-sports, cblol 2017 2o split, reservas, substituições