Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Riot latina diz que, com md2, brasileiros têm "pouca prática e muito descanso"

Riot latina diz que, com md2, brasileiros têm "pouca prática e muito descanso"

Um vídeo oficial da Riot Games da América Latina Norte sugere que o ponto fraco de RED Canids e Keyd Stars para o Rift Rivals de League of Legends pode ser a pouca quantidade de jogos no Campeonato Brasileiro (CBLoL). O vídeo de análise dos adversários dos latinos diz que as equipes brasileiras têm "pouca prática e muito descanso".

Na avaliação sobre os representantes do Brasil, a Riot latino-americana explica que, "pela natureza do formato" do CBLoL, em que "as equipes só se enfrentam em apenas uma série, os brasileiros serão os times com menos jogos disputados na temporada" a participar do Rift Rivals.

No vídeo, a Riot diz que RED e Keyd chegarão ao torneio internacional, criado neste ano, com "somente oito jogos oficiais disputados". Trata-se de uma informação desatualizada, pois as equipes jogaram dez partidas, com a conclusão da 5ª Semana da Fase de Classificação do 2º Split, nesse domingo (2).

Mesmo assim, os brasileiros terão jogado menos do que os quatro adversários no Rift Rivals. No 2º Split da América Latina Norte, Lyon Gaming e Just Toys Havoks disputaram 14 jogos. Na América Latina Sul, Isurus Gaming e Furious Gaming jogaram 18 partidas.

A Riot salienta que, no torneio do Sul, os confrontos também são md2, mas há mais jogos, porque os times se enfrentam em dois turnos.

No vídeo, a Riot latino-americana ainda arremata: "o Brasil tem um dos calendários competitivos mais relaxados de todo o mundo, fator que poderá ser uma faca de dois gumes com pouca prática e muito descanso". 

Na sequência, o vídeo analisa a champion pool dos cyber-atletas do RED e suas estratégias. Depois, diz que, no passado, as equipes latinas "sonhavam em chegar ao nível de times como paiN Gaming e KaBuM", mas que, hoje em dia, os times brasileiros não são "assustadores", apesar de RED e Keyd contarem com astros da modalidade.

O MyCNB entrou em contato com a assessoria de imprensa da Riot Games Brasil pedindo um comentário sobre o vídeo, mas não recebeu resposta.

Formato

O Rift Rivals é uma série de cinco campeonatos entre regiões, criado pela Riot neste ano. O torneio que envolve Brasil, América Latina Norte e América Latina Sul começará nesta quarta-feira (5), em Santiago, no Chile. Os jogadores de RED e Keyd chegaram à capital chilena na madrugada desta segunda-feira (3), pelo horário brasileiro.

Na Fase de Classificação, chamada de Rodada 1, cada time jogará uma vez, em séries md1, contra os representantes dos outros cenários. Não haverá jogos entre equipes de uma mesma região. O cenário que tiver a melhor campanha, somando os resultados de seus dois representantes, avançará para a Grande Final, enquanto os outros dois se enfrentarão em um confronto md5 na Rodada 2. O duelo será dividido, com as equipes alternando entre os jogos. Por exemplo, o RED disputa a primeira partida e o Keyd, a segunda, e assim sucessivamente.

Na final, também a ser disputada em md5, será o mesmo formato, com duas equipes de uma mesma região dividindo a série. No fim das contas, haverá o cenário campeão, e não uma equipe em específico.


Veja também:


Tags: League of legends, Keyd Stars, riot games, cblol, red canids, cblol 2017 2o split, rift rivals, riot games lan