Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • KaBuM é campeã do Circuito Desafiante e volta ao CBLoL

KaBuM é campeã do Circuito Desafiante e volta ao CBLoL

A KaBuM está de volta à elite do League of Legends nacional. A equipe venceu o Iron Hawks e-Sports na Grande Final do 2º Split do Circuito Desafiante 2017 por 3 a 0 neste sábado (29) e garantiu vaga no Campeonato Brasileiro (CBLoL) 2018. A decisão aconteceu na Promo Arena, no Rio de Janeiro.

O time da organização de Limeira liderou a Fase de Classificação da 2ª divisão, realizada pela internet, e chegou ao duelo decisivo após vencer o Operation Kino (OPK) por 3 a 2 na primeira Semifinal, disputada na quarta-feira (26), na arena carioca. Já no outro confronto, nessa quinta-feira (27), o Iron Hawks levou a melhor sobre o Merciless Gaming, vencendo também por 3 a 2.

A KaBuM dominou o confronto decisivo do início ao fim, com vitórias fáceis nos três jogos da série md5, não dando chances para o time do Support Leonardo "Alocs" Belo.

Com o título, Lucas "Zantins" Zanqueta e companhia conseguiram, além do prêmio de R$ 12 mil, o acesso ao 1º Split do CBLoL do próximo ano, devolvendo à organização sua posição na elite do League of Legends brasileiro.

kabum-em-pe-campeao-desafiante-divulgacao-kabum
KaBuM conquistou título da 2ª divisão e voltou à elite do LoL (Foto: Divulgação/KaBuM)

O time havia sido rebaixado no 1º Split de 2017 por ter ficado na 7ª colocação e perdido para o ProGaming e-Sports, que estava subindo da 2ª divisão, na Série de Promoção.

Durante praticamente toda a Fase de Classiicação daquele torneio, os cyber-atletas e a comissão técnica ficaram morando e treinando em um hostel em São Paulo, classificado pelo Mid Laner Guilherme "Vash" Del Buono como "insuportável", em razão das quedas constantes de energia e internet, das más acomodações e das festas que ocorriam no local. Ele pediu desligamento da organização e denunciou a situação em comunicado público.

Dias depois, o treinador Vinicius "Neki" Ghilardi acabou demitido pela direção da KaBuM após corroborar as críticas à organização em uma entrevista. Afundada em uma crise sem precedentes em sua história, a empresa colocou o AD Carry Alexandre "Titan" Lima como Mid Laner, depois de outros reservas da posição terem se negado a jogar as duas últimas rodadas da 1ª Fase. O time não pôde inscrever novo técnico e, por isso, recebeu multa da Riot Games Brasil.

Após o rebaixamento, a KaBuM informou que faria uma "profunda reformulação" para corrigir "as falhas". Com gaming house para o Circuito Desafiante, em Limeira, a organização teve mudanças no elenco: só Zantins, Riyev e Titan continuaram na equipe. Entraram o Jungler Matheus "Freire" Freire e o Mid Laner Guilherme "Atlanta" Matos.

KaBuM

Lucas "Zantins" Zanqueta (Top Laner)
Matheus "Freire" Freire (Jungler)
Guilherme "Atlanta" Matos (Mid Laner)
Alexandre "Titan" Lima (AD Carry)
Marcelo "Riyev" Carrara (Support)

Vagner "StealDream" Junior (reserva)
Eric "Elisie" Rosário​ (reserva)
Roberto "Robs1" Mascarenhas (reserva)

Sylvio "Feefoo" Junior (treinador)

Outra chance

Apesar da derrota na final, o Iron Hawks ainda tem chance de chegar ao CBLoL, por meio da Série de Promoção, assim como o Operation Kino (OPK). Os confrontos, ainda não definidos, serão contra o Keyd Stars, 6º colocado no CBLoL, e o CNB e-Sports Club, o 7º.

O OPK ficou com o 3º lugar do Circuito Desafiante por ter vencido os dois jogos da Semifinal em menos tempo do que o Merciless. Para definição da colocação, é levado em conta o número de jogos vencidos na Semi, mas, como ambos os perdedores venceram duas partidas, aplicou-se o primeiro critério de desempate, de menor tempo acumulado em vitórias.

O regualmento do cenário brasileiro de League of Legends prevê que o 6º lugar do CBLoL escolha, entre os dois times que estão subindo do Circuito Desafiante, qual será o seu adversário na Série de Promoção.

* O texto inicial desta matéria informava que as Séries de Promoção já estavam definidas, porque o calendário do 2º Split que consta no regulamento já estipula o cruzamento de adversários, ao contrário do 1º Split, que deixava os duelos em aberto. Entretanto, há um tópico no regulamento que prevê que o 6º colocado do CBLoL pode escolher o adversário. O texto foi corrigido às 12h01 desta segunda-feira (31).


Veja também:


Tags: League of legends, kabum, Circuito Desafiante, circuito desafiante 2017, iron hawks