Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Dois diretores deixam o Keyd, em reestruturação após CBLoL ruim

Dois diretores deixam o Keyd, em reestruturação após CBLoL ruim

Não é apenas o elenco do Keyd Stars que está passando por reformulação. Dois diretores também deixaram a organização após a equipe de League of Legends amargar sua pior campanha na história do Campeonato Brasileiro (CBLoL) no 2º Split deste ano.

O diretor-executivo, Renan Philip, e o diretor de desenvolvimento de negócios, Hugo Tristão, saíram do clube.

"Nós estamos fazendo uma reformulação na metodologia de trabalho e reestruturando mais algumas outras coisas para termos maior envolvimento dos donos do clube", justificou um dos proprietários do Keyd, Eduardo Kim, em declaração ao MyCNB.

O executivo disse que está entrevistando algumas pessoas para ocupar os cargos, mas ressaltou que ele e o outro dono, André Pontes, serão "muito mais envolvidos em tudo".

philip-vex-keyd-2split2017-riotDiretores (ao fundo) deixaram o Keyd, que passa por reformulação (Foto: Riot Games)

As saídas acontecem após o time disputar a Série de Promoção - vencida contra o Iron Hawks e-Sports por 3 a 0 - por ter ficado na 6ª colocação do 2º Split do CBLoL 2017.

O Keyd contou com uma line-up de estrelas e três membros na comissão técnica, mas não correspondeu às altas expectativas. Foram duas vitórias, três empates e duas derrotas na Fase de Classificação. Foi a primeira vez que uma equipe da organização precisou disputar a Série de Promoção.

Logo após o torneio, o Support Pedro "ziriguidun" Ferreira, muito criticado pelas atuações ruins no CBLoL, rescindiu contrato. Inscrito como reserva, Henrique "Xanad0" Schoenardie também saiu.

Na comissão técnica, houve duas baixas: Lorenzo Jung e Alexander "Abaxial" Haibel deixaram a organização recentemente.

Philip já havia feito parte da gerência do Keyd no passado e havia voltado para a organização em janeiro. Hugo, que teve passagem de dois anos e meio pela administração do paiN Gaming, estava no clube desde fevereiro de 2016.

Procurados pelo MyCNB, Philip e Hugo não quiseram se pronunciar sobre suas saídas.


Veja também:


Tags: League of legends, hugo tristao, renan philip