Siga o MyCNB  
  • Menu
  • Notícias
  • Jisu não treina por atraso salarial; Fla se defende e culpa burocracia

Jisu não treina por atraso salarial; Fla se defende e culpa burocracia

Foi divulgado pelo SporTV e ESPN Esports Brasil nesta quinta-feira (7) que o top laner sul-coreano Park “Jisu” Jin-cheol, do Flamengo e-Sports, se recusou a participar dos treinos do dia devido sua insatisfação com o atraso salarial por parte da organização. Devido a isso, o treinador Gabriel “Mit” souza teve que cancelar a programação das partes da manhã e tarde do time.


Jisu demonstrou insatisfação com o atraso salarial (Foto: Riot Games)

O clube Rubro-Negro confirmou a veracidade da informação, e responsabilizou a burocracia, como comunicou à imprensa: “O Flamengo confirma que há um atraso no pagamento do Jisu, que se deve a questões burocráticas: houve um atraso na regularização do atleta estrangeiro para que tivesse CPF, Carteira e Visto de Trabalho e uma conta bancária em território nacional. Esta demora aconteceu devido às barreiras burocráticas envolvendo documentação do atleta e seus pais coreanos e a problemas técnicos no sistema do Ministério do Trabalho para requerimento de visto, que ficou fora do ar por mais de 20 dias.”

O Flamengo ainda afirma que contrata seus funcionários pela CLT, e que o pagamento será feito, assim que todas as questões burocráticas forem resolvidas.

Os cariocas farão sua estreia na elite do League of Legends brasileiro contra a Ilha da Macacada no domingo (10), às 15h.

Para o segundo semestre, a equipe fez mudanças no elenco que foi vice-campeão do Circuito Desafiante e venceu o Team One na Série de Acesso: Lee “Shrimp” Byeong-hoon veio para a Jungle e Bruno "Goku" Miyaguchi para a Mid Lane. Ambos jogarão nos lugares de Thulio “SirT” Carlos e Danniel “Evrot” Franco, respectivamente.


Veja também:


Tags: cblol 2018, flamengo e-sports, Jisu