Siga o MyCNB  

Parceria com Gillette: O novo momento da Riot Games

“Desde o fim do ano passado e começo desse ano, nós vínhamos abordando o mercado, falando com agências e com marcas sobre trazer novos nomes para participarem do nosso ecossistema e tentando levar o que é a proposta de valor do CBLoL, e quando encontramos uma marca como a Gilette, ela tem inovação e tradição no investimento no esporte. Para nós significa um nome que é importante, tradicional, é um nome que está afim de trabalhar com conteúdo, que é o que queremos, já temos o Uti e outros projetos já costurados com a Gilette, é um acordo que vai até o ano que vem, então são várias coisas que vão dar essa extensão da visão do nosso cenário.” Foi assim que o Diretor de Esports da Riot Games no Brasil, Carlos “Caco” Antunes explicou a primeira parceria do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) com a empresa Gillette.


CBLoL 2018 é o primeiro a contar com patrocínio a longo prazo (Foto: Riot Games)

O acordo foi anunciado neste sábado (8), pouco antes da Grande Final entre KaBuM! e-Sports e Flamengo e é inédito no cenário brasileiro.

Apesar disso, já pôde se ver em outras ligas, como por exemplo a LCS NA, acordos com empresas de fora dos e-Sports, como a State Farm.

Sobre esse movimento de “abertura ao mercado” da Riot, Caco explica que tudo isso é feito pela “sustentabilidade do negócio”: “Essa busca por parceiros é da linha de sustentabilidade do nosso negócio, ele precisa crescer. Então fazer uma parceria com a Gillette, com a SporTV, é o crescer. Esse é um movimento global da Riot, aqui no Brasil também estávamos desenvolvendo há muito tempo essa conversa, tem outras conversas que estamos tendo dentro do mercado, e sim, na verdade esse é um movimento de criar mais sustentabilidade no meio para nós. Temos o exemplo da Fanta Guaraná com a Team One em 2017, isso mostra também oportunidades para os times, tudo isso é crescer o negócio. Nós queremos isso e teremos mais e mais.”

Já para Fernando Bueno, gerente de marketing da Gillette, o maior número de empresas procurando os e-Sports é natural: “À medida que os e-Sports como um todo começa a crescer, existe uma migração e até reconhecimento do público, então eu vejo com bons olhos, só traz desenvolvimento e dá uma oportunidade para a gente se conectar e comunicar com nosso consumidores e público de uma maneira diferente. Tem espaço para nós, como marca, fazermos mais do que patrocinar e do que dar mais reconhecimento ao segmento, mas a gente também entra diretamente ajudando na preparação dos jogadores do reality Ult.”

Além do patrocínio, a Riot Games e a Gillette estão produzindo um reality show chamado Ult, onde serão selecionados 20 nomes para ser definido o próximo grande atleta de League of Legends no Brasil. Os 20 candidatos serão dividos em dois times, comandados por Gabriel "Kami" Bonh e Murilo "Takeshi" Alves. Mais informações sobre o programa serão divulgadas em breve.

A parceria entre CBLoL e Gillette é válida até o fim de 2019, e pode-se esperar mais novidades nos próximos meses.


Veja também:


Tags: riot games, riot games brasil, cblol 2018, gillette